Como fazer uma análise de cabelo

Escrito por kathy mayse | Traduzido por gabrielle nobrega oliveira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como fazer uma análise de cabelo
Aprenda a analisar a condição de seus cabelos antes de realizar algum processo químico (Visage/Stockbyte/Getty Images)

Uma análise profissional do cabelo é realizada por cabeleireiros antes de cada tratamento durante a fase de consulta de uma visita a um salão. Às vezes, ela ocorre em silêncio e é quase imperceptível. Analisar o cabelo é fundamental para muitos tipos de tratamento, incluindo coloração e ondulação permanente e/ou relaxamentos. A análise completa do cabelo, que é comumente ignorada em casa, detectará eventuais problemas e ajudará a evitar danos desnecessários durante o processo químico. O uso predominante de tratamentos químicos em casa muitas vezes resulta em danos e perda de cabelo, o que pode ser evitado com uma rápida análise "caseira" do cabelo.

Nível de dificuldade:
Fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Pente
  • Presilhas ou grampos de cabelo
  • Espelho
  • Borrifador de água

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Penteie todo o cabelo seco para remover embaraços e detritos. Localize a região que parece ser a mais danificada e seca do cabelo. Realize a análise do cabelo nesta seção.

  2. 2

    Isole uma seção de 2,5 cm de cabelo da área onde a maior parte dos danos está localizada. Prenda o resto do cabelo para fora do caminho usando um par de presilhas ou grampos de cabelo.

  3. 3

    Inspecione visualmente o cabelo para detectar qualquer sinal de dano usando um espelho. Preste atenção nas pontas duplas e na aparência branca que mostra a danificação do cabelo. Observe qualquer frisado e ressecamento, que podem ser facilmente corrigidos com um tratamento de condicionamento intenso.

  4. 4

    Sinta o cabelo da raiz às pontas, passando os seus dedos ao longo do comprimento da seção de 2,5 cm. Observe qualquer ressecamento ou mudança na textura que possam indicar danos e/ou acúmulos.

  5. 5

    Molhe cuidadosamente a mecha com o borrifador. Penteie-a e preste atenção nas camadas e no caimento do cabelo. Os cabelos cacheados e retos nas extremidades ficam com um aspecto "armado" e não suportam tratamentos químicos sem tratamentos corretivos anteriores. O cabelo que aparece consistente ao longo do comprimento do fio de cabelo é geralmente suficientemente saudável ​​para suportar tratamentos químicos.

  6. 6

    Isole um fio de cabelo, apertando-o entre o dedo indicador e o polegar de cada mão. Aplique uma tensão moderada no cabelo até que você consiga vê-lo esticando um pouco. Se o cabelo estica e salta para trás, é saudável. Se o fio rompe ou se mantém em posição esticada, quer dizer que ele não pode suportar um processo químico.

  7. 7

    Remova os grampos de cabelo e penteie o cabelo para remover embaraços. Guarde todos o materiais.

Dicas & Advertências

  • O cabelo que possui um aspecto de palha quando seco, mas torna-se macio quando condicionado, geralmente é revestido de algum tipo de acúmulo. Claro que a sensação seca também pode ser causada por exageros em processos químicos. Para determinar se o cabelo foi danificado quimicamente ou revestido por alguma substância, realize um tratamento de purificação profunda. Se o tratamento ajudar, o problema é o acúmulo. Continue realizando tratamentos de purificação semanais até que a acumulação tenha sido removida.
  • As pontas duplas, os danos e o acúmulo precisam ser corrigidos antes da realização dos processos químicos. As pontas duplas podem simplesmente ser aparadas. Os danos e acúmulos são corrigidos ao longo de algumas semanas usando tratamentos de purificação e condicionamento.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível