Animais que têm asas mas não voam

Escrito por ariel schaub | Traduzido por beatriz palma
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Animais que têm asas mas não voam
Avestruzes são mais bem sucedidos do que a maioria dos pássaros que não voam (Thinkstock/Comstock/Getty Images)

A asa é uma estrutura anatômica que permite que um animal voe ou plane. Na maioria das vezes, animais que não voam não têm asas. Mas pássaros são exceções. Todos os pássaros possuem membros aparentemente designados para o voo, mas, em alguns casos, as asas são incapazes de manter o animal no ar. As aves que não voam mais conhecidas talvez sejam o avestruz e o pinguim, que pertencem a ordens nas quais a maioria ou todas as espécies não voam. Porém, há alguns pássaros menos conhecidos, como o cormorão-das-galápagos, que são as únicas espécies da ordem que não podem voar.

Outras pessoas estão lendo

Ratitas

As ratitas são pássaros cujo esterno, além de ser achatado, não possui quilha, local onde os músculos peitorais ficam presos. Esse esterno achatado evita que os músculos peitorais se desenvolvam e fiquem fortes o suficiente para que a ave levante voo. Suas asas também são desproporcionalmente pequenas em relação à massa corporal. No entanto, suas pernas são grossas e potentes, fazendo das ratitas ótimas corredoras. Avestruzes, emus, casuares, nandus-de-darwin e kiwis são cinco exemplos de ratitas que ainda existem. Os outros tipos estão extintos. Os tinamiformes, aves galináceas, costumam ser incluídos na classe das ratitas, ainda que possuam quilha e consigam voar um pouco.

Animais que têm asas mas não voam
O kiwi é a menor dos ratitas que não voam (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

Pinguins

Existem dezessete espécies de pinguins, todas nativas do hemisfério sul, e nenhuma delas consegue voar. Seus corpos densos e asas pequenas, comumente chamadas de nadadeiras, não permitem que eles tenham a força de sustentação necessária para levantar voo. Porém, seus músculos do peito e da asa são muito potentes. Os pinguins se impulsionam dentro da água da mesma forma que os outros pássaros fazem para voar. Eles são excelentes nadadores e alguns deles passam até metade de sua vida debaixo das ondas.

Animais que têm asas mas não voam
As habilidades aquáticas dos pinguins compensam sua incapacidade de voar (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Cormorão-das-galápagos

Cormorões são aves que pertencem à mesma ordem que os pelicanos. Os cormorões-das-galápagos, também conhecidos como os cormorões que não voam, são a maior espécie da ordem e são os únicos que não conseguem voar. Suas asas e as quilhas em seu esterno são proporcionalmente pequenas e fracas. O cormorão-das-galápagos é nativo das Ilhas Galápagos, no Equador, e está em extremo perigo de extinção.

Kakapo ou papagaio-mocho

Outro pássaro que não consegue voar e também é a maior espécie da ordem é o kakapo ou papagaio-mocho. Esses papagaios noturnos têm uma aparência parecida com a de corujas. Na Nova Zelândia, seu país nativo, seu nome significa "papagaio da noite". Eles não podem voar porque seu esterno não possui quilha, de forma que eles vivem no chão e se baseiam em uma dieta de plantas. Os kakapos também estão em perigo crítico de extinção.

Outras aves que não voam

Outras ordens de aves, como a do pato, contêm uma ou duas espécies incapazes de voar, normalmente a maior ou mais pesada. As aves que não voam possuem uma desvantagem natural, principalmente se não forem aquáticas. Elas são presas para muitos predadores. A última cotovia da Ilha de Stephen foi morta por um felino em 1894, e inúmeras outras espécies acabaram da mesma forma ou só continuam existindo devido a medidas de preservação criadas para salvá-las.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível