Animais na savana africana

Escrito por erin vaughan | Traduzido por mariana silva gray
Animais na savana africana
Chitas desenvolveram a habilidade de correr em velocidades excepcionalmente rápidas (cheetahs image by windzepher from Fotolia.com)

A savana africana representa uma biodiversidade extrema. Sua abertura, com apenas algumas árvores, faz com que ela seja exclusivamente adequada para animais como os mamíferos ungulados e felinos grandes, que evoluíram para correr rapidamente através das planícies. Pássaros caçadores e necrófagos também prosperam devido à natureza expansiva da área, pois podem ver suas presas ou carcaças mais facilmente espalhadas pelas pastagens. Muitos desses animais também possuem características exclusivas para lidar com o clima complicado da área. Por exemplo, muitos aprenderam a digerir grama dura ou procurar abrigo embaixo da terra.

Mamíferos ungulados

A savana africa é lar para muitas espécies diferentes de animais ungulados. Na verdade, ela possui a maior biodiversidade entre mamíferos ungulados de todos os biomas do mundo. Esses animais, também chamados de ungulados, possuem pernas desenvolvidas longas e fortes para correr rapidamente pelas pastagens, assim como sistemas digestivos resilientes que são capazes de processar grande quantidades de fibras como a grama. A maioria dessas criaturas come exclusivamente plantas e, portanto, são categorizadas como herbívoros. Alguns exemplos de ungulados que vivem na savana africana são elefantes, búfalos, gazelas, zebras, girafas e gnus.

Roedores

As savanas africanas também possuem várias espécies diferentes de roedores. Como a temperatura pode ser muito alta, permanecendo acima dos 20 ºC mesmo nos meses mais frios, muitos roedores menores fazem tocas embaixo da terra para se manterem resfriados. Especificamente, alguns exemplos desses animais são os ratos toupeiras pelados, que evoluíram para se alimentar exclusivamente dos tubérculos subterrâneos de plantas; os suricatas, onívoros que vivem em grandes colônias subterrâneas e se alimentam de muitas coisas, desde plantas até insetos e pequenos pássaros, e o mangusto ano, um pequeno roedor que se alimenta de insetos.

Carnívoros

Onde herbívoros de pastagens existentes, carnívoros também irão para se alimentar deles e, na savana africana. Especificamente, a África é lar para muitos felinos, incluindo leões, chitas e leopardos. Esses carnívoros desenvolveram uma velocidade excepcional e força para vencerem suas presas, por exemplo, chitas, os mamíferos mais rápidos da Terra, podem correr em velocidades de até 112 km/h e os leopardos podem levar presas duas vezes mais pesadas do que eles mesmos para cima de árvores. Adicionalmente, outros carnívoros como o cachorro selvagem africano também vivem nesse habitat.

Necrófagos

Após um carnívoro matar uma presa, os necrófagos vão até a cena para se alimentar das sobras ou até mesmo tentar roubar uma caça fresca dos felinos. Os necrófagos que vivem na savana africana incluem chacais e hienas, que são caninos, e pássaros como o urubu. Ocasionalmente, esses animais podem agir como predadores, matando a presa, mas normalmente eles esperam, procurando por sinais que indiquem a existência de um animal morto.

Pássaros

A imensidão da savana faz com que ela seja um bom lar para os pássaros. Eles podem procurar por presas facilmente nas pastagens amplas e também são ajudados por brisas quentes que os auxiliam na subida. E as poucas árvores espalhadas pelo chão são excelentes locais para ninhos. Na verdade, mais de 500 espécies de pássaros vivem nas planícies africanas de Serengeti. Alguns exemplos notáveis incluem o avestruz, que pode ter um tamanho de até 2,1 m; pássaros caçadores como a águia cobreira e o pássaro secretário que possui uma visão excepcional; e o tecelão, que cria ninhos trançados a partir da grama abundante.

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível