×
Loading ...

Como animar seu namorado com uma mensagem de texto

Atualizado em 21 novembro, 2016

Quando seu namorado estiver chateado, você provavelmente fará qualquer coisa para ajudá-lo. Às vezes, os homens precisam de atenção extra quando estão tristes, outras vezes você pode animá-los enviando mensagens bobas ou reconfortantes. Frequentemente, deixar que ele saiba que você está pensando nele é a maneira mais rápida de animá-lo.

Instruções

Anime seu namorado com uma mensagem boba (Visage/Stockbyte/Getty Images)
  1. Mande uma mensagem para seu namorando falando o quão querido ele é. Mantenha-na curta e alegre, mas aponte algumas coisas específicas que você ama nele, como o fato dele cozinhar bem ou lhe deixar ganhar no vídeo game.

    Loading...
    Alegre seu namorado dizendo o quão querido ele é (Jupiterimages/Brand X Pictures/Getty Images)
  2. Peça para que um amigo tire uma foto sua pulando, fazendo careta ou em alguma pose peculiar que fará seu namorado rir. Inclua um título apropriado e envie-a como mensagem de texto.

    Peça a um amigo para tirar uma foto boba sua (Visage/Stockbyte/Getty Images)
  3. Ofereça ajuda. Seu namorado pode querer falar sobre seus problemas ou ele pode querer esquecer deles e assistir um jogo de futebol ou filme com você. Esteja lá para ele da maneira que ele precisar.

    Ofereça ajuda, seu namorado pode querer falar sobre os problemas (Gary Houlder/Lifesize/Getty Images)
  4. Faça um vídeo com seu celular de você ou os amigos dele com palavras de encorajamento. Envie o vídeo para ele e escolha um título que diga que todos estão torcendo por ele.

    Faça com que os amigos dele enviem palavras de encorajamento (Paul Sutherland/Digital Vision/Getty Images)
Loading...

Dicas

  • Seja paciente e deixe que ele saiba que você está lá para tudo que ele precisar, mas dê espaço para ele, caso necessário. Ele pode querer resolver seus problemas sozinho.

Aviso

  • Considere os custos de cada mensagem de texto para seu namorado.
  • Não envie mensagens com muita frequência para não oprimi-lo.

Referências

Loading ...
Loading ...