Como aplicar o behaviorismo em sala de aula

Escrito por laura jerpi | Traduzido por carolina pires
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como aplicar o behaviorismo em sala de aula
Aplique o behaviorismo em sala de aula para alcançar seus estudantes (Pixland/Pixland/Getty Images)

Segundo a teoria do behaviorismo, a combinação entre as formas de medir o desempenho dos alunos e outros fatores presentes no ambiente determinam a forma como se dá o processo de aprendizado. Os professores podem usar esta teoria em sala de aula para treinar os alunos a exibirem comportamentos positivos e para ensiná-los quando não estão se comportando de forma adequada.

Outras pessoas estão lendo

Deixe claro os objetivos de aprendizado

Os alunos tendem a não levar tarefas a sério quando não entendem seu propósito. Dê a um aluno uma lista de resultados observáveis e mensuráveis, para que ele possa entender o objetivo da lição que você quer ensinar e da tarefa que lhe foi dada. Se ele entender o que deve aprender ao final de cada lição, d cada semestre ou mesmo de um ano letivo, as chances de que ele preste atenção e seja um aluno aplicado serão maiores. Ele saberá que sua performance será avaliada e não desejará ter resultados ruins.

Mostre uma atitude positiva

Se você for mal educado com seus alunos, eventualmente eles associarão sua aula com o desrespeito. Isso fará com que alguns alunos hesitem em ir para a aula e fiquem muito ansiosos enquanto estiverem em sala. Em vez de focar em aprender e escutar o que está sendo ensinando, eles vão concentrar seus esforços em não fazer nada que possa gerar gritos como resposta. Evite esse tipo de situação cumprimentando seus alunos com um sorriso ao entrarem na sala. Faça com que o horário de aula comece da forma certa, tranquilizando os alunos e permitindo que eles se concentrem no que você está ensinando.

Diferencie a importância das tarefas

As tarefas que você dá aos seus alunos não possuem igual importância. Você pode querer que o aluno concentre mais esforços em escrever uma pesquisa do que estudando para um teste semanal. Deixe que seus alunos saibam a importância dessas tarefas, dando peso diferentes de acordo com sua significatividade. Por exemplo, as pesquisas podem ter peso de 25% da nota final, enquanto os testes semanais pesarão apenas 10% do total. Isso ajuda os alunos a administrarem melhor o tempo, sabendo qual tarefa exigirá mais dedicação.

Reforce comportamentos

Use reforços positivos para elogiar um aluno por fazer algo certo. Por exemplo, se levantar a mão e responder a uma pergunta corretamente, dê ao aluno um adesivo. Reforços negativos também devem ser usados para punir um comportamento ruim. Por exemplo, se o aluno não estiver preparado para a aula, desconte pontos de participação. Sempre informe aos alunos de que seus comportamentos estão sendo elogiados ou reprimidos, para que possam aprender o que é ou não aceitável.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível