Como aplicar carpete em sua casa

Escrito por caprice castano | Traduzido por andré schwarz
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como aplicar carpete em sua casa
Aplicar carpete em sua casa valoriza e dá conforto e estilo, podendo ser feito por conta própria com as ferramentas certas (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Colocar carpete em sua casa pode dispensar tempo, mas é possível fazê-lo por contra própria para diminuir os custos de aplicação. Mesmo com o aluguel das ferramentas, a economia é significativa. Planejamento e procedimento apropriado vão deixar seu lar totalmente coberto.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Faixas de aderência
  • Martelo
  • Serrote
  • Fita métrica
  • Giz e barbante
  • Apoio para o carpete
  • Estilete
  • Grampeador de carpete
  • Grampos de chão
  • Carpete
  • Fita de carpete
  • Ferro de carpete
  • Kicker de carpete
  • Esticador
  • Cortador de carpete
  • Ferramenta de dobra
  • Luvas de trabalho
  • Óculos de segurança

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Limpe o chão onde será aplicado o carpete. Passe um pano ou um aspirador de oficina para se certificar de que qualquer detrito, que poderia se acumular sob o carpete, seja removido.

  2. 2

    Coloque as faixas de aderência, que são ripas de madeira utillizadas para prender o carpete a superfícies. Devem ser pregados próximo às paredes, a uma distância de cerca de 1 cm. Comece por uma das pontas da sala e percorra-a por todo seu perímetro. Elas têm geralmente cerca de 90 cm. Corte-as se necessário e não as instale de frente a portas.

  3. 3

    Meça a área de chão entre as faixas e tome nota. Marque a área no apoio do carpete com giz e recorte. Aplique-o ao lado das faixas de aderência, e nunca sobre elas. Aplique por toda a área em questão e corte, se necessário. Ele pode se encostar às laterais das faixas, ou deixar um vão de não mais que 1 cm, para evitar rugosidades. Esses apoios geralmente vêm em rolos menores que o carpete, podendo ser aplicado na forma de grandes faixas. Grampeie ao chão em cada decímetro quadrado.

  4. 4

    Meça agora o carpete para que encaixe às dimensões da sala. Adicione 10 cm a cada lado para ter a certeza de que não fique muito pequeno e teso o suficiente. Marque com giz na parte de trás do carpete as linhas a serem recortadas.

  5. 5

    Costure o carpete se este não for grande o suficiente para todo o cômodo. Corte dois pedaços que cobririam juntos a área, adicionando 10 a cada lado. Coloque os pedaços lado a lado, com o grão do carpete indo em mesma direção pela qual será aplicado ao chão, e vire para cima. Sobreponha os lados em 5 cm. Faça uma linha de giz sobre essa aba e recorte os dois pedaços de carpete ao mesmo tempo, para que a divisória seja suave e harmoniosa. Coloque fita de carpete por debaixo dessa divisória, com o lado adesivo para cima, e passe o ferro para selá-la. Passe-o calma e cuidadosamente, pois rugosidades ou cortes que não se encaixam serão imediatamente visíveis.

  6. 6

    Comece em uma das quinas e estique o carpete por sobre as faixas usando o kicker. Ele tem pontas que se aderem ao tecido e pode ser pressionado com o joelho, para empurrar o carpete. Ele deve se prender às faixas de aderência, e não se preocupe com excessos até que todo o perímetro da sala esteja coberto e o tecido esticado e preso.

  7. 7

    Aplique agora o esticador ao longo de todo o perímetro da sala. Comece por uma das pontas e vá até a parede oposta. Posicione sua base junto às paredes. Crave seus dentes no carpete a cerca de 30 cm de distância do muro, puxe a alavanca e prenda. Isso estica o carpete e o faz aderir às faixas. Faça o mesmo junto às outras paredes.

  8. 8

    Corte os excessos com o cortador. A ferramenta irá passar ao longo dos muros, e deixará carpete o suficiente para que se possa colocar sob o rodapé. Passe a ferramenta de dobras por todo o perímetro da sala, pressionando-o onde as juntas do rodapé se encontram ao piso. O carpete deverá estar devidamente esticado e empurrado para debaixo dos rodapés em toda a parte, exceto os caminhos das portas.

  9. 9

    Finalize a entrada da porta costurando o carpete ou recortando-o e aplicando uma faixa de transição de madeira ou metal. Essas são peças de medida certa que se encaixam ao longo da entrada, criando uma divisão plana enrte o carpete e o outro piso ao qual está unido. São geralmente presos ao piso com parafusos fornecidos pelo fabricante.

  10. 10

    Repita esses passos em todos os cômodos da casa a serem cobertos.

Dicas & Advertências

  • Use apoios e carpete da melhor qualidade que você possa comprar. Empreste as ferramentas se possível, pois provavelmente você não irá utilizá-las novamente, sendo uma compra cara.
  • Sempre use óculos de egurança e luvas de trabalho enquanto faz esse tipo de serviço. Há grande quantidade de detritos que podem machucar o olho durante a instalação. As mãos, por sua vez, devem ser protegidas das ferramentas cortantes e pontas afiadas em uso.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível