×
Loading ...

Como aprender coreano fluentemente

Atualizado em 17 abril, 2017

O coreano é uma língua asiática com aproximadamente sessenta e seis milhões de falantes, de acordo com a Ethnologue language report. A maioria deles vive na Coreia do Sul, onde o coreano é a língua oficial. Demais comunidades que falam coreano também podem ser encontradas na Coreia do Norte, na China e no Japão. O coreano é uma língua difícil para os falantes de outras línguas, visto que a escrita do coreano usa um alfabeto diferente conhecido por Hangul e apresenta muitas diferenças gramaticais em comparação com as línguas latinas ou anglo-saxônicas. Pode levar vários anos para se aprender a falar coreano fluentemente.

Instruções

Geralmente, o coreano é considerado uma língua difícil de se aprender (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)
  1. Aprenda o alfabeto coreano, que é formado por catorze consoantes e dez vogais. Baixe um quadro com o alfabeto, como o que pode ser encontrado no site da Ominglot. Imprima-o em uma grande folha de papel e coloque-a em um lugar proeminente da sua casa onde você transitara com frequência. Ao fazer isso, você ficará mais familiarizado com os formatos das letras. Pratique a escrita das letras do alfabeto – uma por vez – até que você possa reproduzi-las sem medo.

    Loading...
  2. Domine a pronúncia do coreano. Escute a pronúncia correta das vogais e consoantes coreanas pela internet e repita os sons em voz alta após o áudio. Desenvolva a habilidade de compreensão oral baixando alguns podcasts coreanos ou transmissões de rádio pela internet e escute no seu mp3 enquanto limpa a casa o dirige o carro. Essas atividades aumentam a exposição à língua e ajudam a ter a sensação de como ela é falada por nativos.

  3. Aumente o seu vocabulário. Passe uma parte do seu dia aprendendo novas palavras em coreano. Comece cada sessão recapitulando os vocábulos aprendidos no dia anterior para garantir que eles não tenham sido esquecidos e relembre qualquer palavra que tenha fugido à mente. Pratique a escrita de novos termos usando o alfabeto coreano enquanto os pronuncia em voz alta, pois isso ajuda a associar a forma visual da palavra com o som.

  4. Estude a gramática do coreano. Perceba que o coreano é uma língua aglutinativa, ou seja, informações como o tempo verbal e o modo são comunicadas através do acréscimo de sufixos no final dos verbos. Entenda que a ordem das palavras em coreano normalmente é “sujeito-objeto-verbo”, ao contrário da estrutura “sujeito-verbo-objeto” presente na língua portuguesa. Leia a respeito das regras gramaticais do idioma e entenda as diferenças entre o português e o coreano. Através desse estudo comparativo, é possível evitar os erros mais comuns cometidos por falantes nativos do português.

  5. Pratique o coreano regularmente. Procure por falantes nativos da língua na internet ou em sua região para por em prática seu conhecimento linguístico. Escreva mensagens para amigos coreanos usando a língua estrangeira e peça para que eles corrijam os erros. Leia regularmente em coreano para ampliar o vocabulário e ganhar mais entendimento acerca da cultura da língua alvo. Comece o processo de leitura com livros infantis e para jovens adultos, pois esses materiais apresentam uma linguagem simples e sentenças estruturais que atendem às necessidades dos aprendizes da língua. Conforme adquire fluência, passe a ler notícias em sites coreanos.

Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...