Como fazer aquecimentos para tocar trombone

Escrito por contributing writer | Traduzido por poliana r. garrido
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como fazer aquecimentos para tocar trombone
Aquecimento é fundamental para tocar trombone (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)

A fim de se aquecer adequadamente para tocar trombone, uma quantidade significativa de exercícios de respiração é necessária, antes de tirar qualquer nota no instrumento. A grande boquilha e o baixo registro na clave de fá, demandam muito controle de ar, e é imperativo praticar o desenvolvimento da capacidade respiratória a cada dia, durante a sessão de aquecimento. Tons longos também ajudam a aumentar o sopro e as escalas melhorarão a sua flexibilidade de posicionar os deslizamentos.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

    Como fazer um aquecimento

  1. 1

    Sente-se em uma cadeira confortável ou até mesmo em um banco de piano. Fique em uma boa postura, certificando-se de que suas costas estão em linha reta para a produção ideal de ar. Inspire profundamente para iniciar os exercícios de controle respiratório. Inspire por pelo menos quatro segundos antes de expirar. Expire devagar e preste atenção para eliminar o máximo de ar possível do corpo. Repita esta respiração lenta por pelo menos cinco minutos. Com a continuidade desse exercício, começará a notar um aumento na capacidade pulmonar. Inicie cada respiração com o diafragma e imagine o ar se movendo lentamente para cima através da sua cavidade torácica, na direção da garganta, e para fora da boca. Visualizar vai ajudar a controlar o ar que se move para fora. Se o objetivo for expandir o diafragma no início de cada respiração, a capacidade pulmonar vai aumentar ainda mais.

  2. 2

    Tire o trombone da maleta e prenda a boquilha. Antes de reproduzir qualquer nota, tome quatro ou cinco minutos para zumbir com os lábios. Simule escalas e sustente os tons com o zumbido. Vibre os lábios por um minuto, para obter maior fluxo de sangue através dos músculos que os rodeiam.

  3. 3

    Reproduza tons longos. Escolha qualquer tom acima do C3 e sustente-o por pelo menos dez segundos. Repita esse processo com os tons ascendentes na escala cromática. Termine a escala no G5. Comece de novo no tom original de escolha, desta vez descendo na escala até o E2. Pare no E2 e comece a subir novamente até a mesma altura em que parou da primeira vez. Aquecimentos adicionais são melhor realizados depois de ter a oportunidade de praticar lentamente o fluxo de ar no instrumento, bem como nos músculos, utilizando tons longos, ou sopros sustentados em ambos os registros de altos e baixos.

  4. 4

    Toque na escala melódica menor. Para aquecer-se efetivamente no trombone, é preciso se concentrar na flexibilidade dos deslizamentos. De todas as escalas básicas disponíveis, as melódicas menores forçam a mudar a posição de deslizamento de maneiras que nem sempre são confortáveis​​. Comece por tocar um C melódico em escala menor, a partir do C3. Suba uma oitava e depois volte para a nota inicial. Repita esta mesma estrutura com escalas melódicas menores adicionais nas teclas do D, Eb, F # e Ab.

  5. 5

    Aqueça-se com notas longas. Completar o preparo sem dar-se tempo para relaxar os músculos, pode ter efeitos devastadores sobre a sua resistência. Escolha quaisquer dez tons acima do C3 e sustente cada um deles, pelo menos oito segundos. Comece em uma dinâmica tranquila e crescendo até um forte. Assim que completar o tom, volte na dinâmica do piano. Repita este mesmo exercício de volume para cada tom longo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível