Mais
×

Arquitetura de Nova Orleans

As varandas de ferro icônicas tornam "Nova Orleans" conhecida em todo o mundo
Medioimages/Photodisc/Photodisc/Getty Images

Introdução

A história de Nova Orleans está impregnada na cidade. As varandas de ferro no bairro francês, as mansões em St. Charles Avenue e as casas estreitas espalhadas por todos os bairros contam uma parte diferente da história de Nova Orleans. Apesar da cidade ter sofrido com a guerra, além de ter sobrevivido a incêndios e furacões devastadores, ainda assim conseguiu preservar muitos dos estilos arquitetônicos que a tornam famosa até hoje, conquistando o seu lugar como a arquitetura do museu não-oficial do Antebellum (Antebellum é uma palavra latina que significa "antes da guerra").

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

O bairro francês

"The Quarter" (O Quarteirão) é o bairro mais antigo de Nova Orleans. Quando Jean-Baptise Le Moyne de Bienville fundou a cidade em 1718, ele a construiu em torno do bairro francês (chamado Vieux Carre na época, ou seja, "Praça Antiga", em francês). Após dois grandes incêndios, a compra da Louisiana e um furacão devastador mais tarde, a praça antiga ainda está de pé. Hoje, o bairro francês é uma fusão de estilos arquitetônicos. Alguns prédios ao redor da Catedral de St. Louis mantêm o seu estilo original colonial espanhol ou francês, enquanto os vizinhos possuem influências que vão do estilo vitoriano remodelado ao crioulo ou grego revivido.

Medioimages/Photodisc/Photodisc/Getty Images

As moradias crioulas e suas varandas icônicas

As moradias do bairro francês são a marca registrada da arquitetura de Nova Orleans, graças a Bourbon Street e à Fat Tuesday. Como as moradias foram construídas depois dos "grandes incêndios de Nova Orleans", elas foram erguidas com paredes espessas, varandas de ferro forjado e fachadas de tijolo.

Courtesy of NewOrleansOnline.com

As mansões de St. Charles Avenue

Outrora casa para os mais ricos e poderosos de Nova Orleans, a St. Charles Avenue é um exemplo de grandeza do sul do século XIX. A rua está repleta de casarões, como a mansão de William T. Jay-Zemurray, cada uma com uma história única e sua impressionante lista de antigos moradores.

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

Cemitérios

Apelidados de "Cidades dos mortos", a coleção impressionante de cemitérios de Nova Orleans apresenta grandes esculturas, criptas de pedra e mausoléus raramente vistos em cemitérios hoje em dia. Como a cidade é construída em cima de um pântano, são poucos os mortos que estão enterrados. Em vez disso, os falecidos da cidade vivem acima do solo em tumbas de pedra esculpidas em estilo europeu.

Courtesy of NewOrleansOnline.com

Estalagem crioula

Essas casas de um andar com telhados íngremes são encontradas principalmente no bairro francês. Construídas entre 1790 e 1850, impressionam por suas formas quadradas e simétricas, além de suas fachadas abertas.

Susan Murray

Casas de espingarda

Existem teorias conflitantes em torno da verdadeira origem das casas estreitas (e o significado por trás do nome), mas Nova Orleans é a responsável pela arquitetura e popularização de casas longas e estreitas. Uma casa estreita tradicional tem de dois a quatro quartos, cada um diretamente atrás do outro em uma linha reta. Devido à limitação de espaço (resultado das taxas sobre propriedades), o proprietário desse tipo de casa adicionou um dormitório no segundo andar e pilares na frente. A maioria das casas em Nova Orleans são estreitas.

Jean-Paul Gisclair

Casas de galeria dupla

Essas casas de dois andares tem seu nome originário das galerias correspondentes, ladeadas de coluna na frente da casa. Como outras habitações de Nova Orleans, as casas de galeria dupla situam-se a poucos metros do chão. No entanto, ao contrário das casas estreitas e dos chalés de crioulos, essas casas situam-se a poucos metros atrás da linha de propriedade, adicionando o espaço das duas galerias abertas.

Chris Graythen/Getty Images Sport/Getty Images

O Superdome e o centro da cidade

Esse estádio de design moderno e futurista se destaca pelo contraste com os prédios e casas antigas, históricos, mas, como é a maior estrutura de cúpula fixa do mundo, merece um lugar na nossa lista.