Artefatos indígenas -- ponta de lança

Escrito por melissa martinez | Traduzido por elcio borges gomes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Artefatos indígenas -- ponta de lança
Proteção pessoal era o principal motivo para os índios fazerem pontas de lanças (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

As lanças indígenas eram feitas de longas hastes com pontas grandes e afiadas, encaixadas em suas extremidades. Estas lanças eram usadas pelos índios americanos e são encontradas em toda parte nos Estados Unidos. Boa parte de nosso conhecimento dessas culturas nativas foi adquirido a partir da descoberta de pontas de lanças e outros artefatos de defesa.

Outras pessoas estão lendo

Utilidades

As pontas de lanças eram encaixadas à extremidade de hastes para serem usadas como armas. As duas principais utilidades destas armas eram a caça e proteção. Proteção contra outros índios que tentavam roubar comida ou outros suprimentos valiosos. A haste longa da lança permitia-lhes atingir o inimigo sem se aproximarem muito, o que os colocaria em uma posição vulnerável. Também precisavam de proteção contra animais selvagens que podiam roubar a comida. As lanças eram necessárias na caça e pesca. A lança foi o primeiro instrumento de caça até a invenção do arco e flecha. Por isso desempenhou um grande papel na vida dos nativos americanos, que dependiam de caça para sobreviver.

Como são denominadas

Cada tipo de ponta de lança encontrado recebe um nome, geralmente de acordo com a área em que são encontrados. Por exemplo, as famosas pontas Clovis são chamadas assim porque foram descobertas em torno da cidade de Clovis, no Novo México. Há alguns casos em que mais de um tipo de ponta de lança foi encontrado na mesma área. Quando isto acontece, o nome da nova ponta vem de um marco nas proximidades ou da característica do terreno. Por exemplo, as pontas Lost Lake são assim chamadas porque foram encontrados perto de Lost Lake, no Tennessee.

Materiais

O tipo de material usado para fazer as pontas de lanças varia amplamente, dependendo de sua antiguidade. Algumas das pontas de lanças mais antigas datam de mais de 12 mil anos atrás e eram feitas de sílex, obsidiana, e até mesmo de cobre. O cabo, ou haste, da lança era de madeira. Em alguns casos, couro e penas eram atados ao cabo, apenas para fins ornamentais ou para alguma cerimônia. Visto que os metais usados nas pontas eram raros, às vezes os indígenas viajavam até 200 quilômetros para encontrá-los. Se uma ponta quebrasse ou lascasse, geralmente era reutilizada como outro objeto porque o metal era difícil de se encontrar e não podia ser desperdiçado.

Ponta de lança versus Ponta de flecha

O termo "cabeça de flecha" tornou-se abrangente para se referir a pontas de lança, pontas de flechas e até facas pequenas. Tecnicamente, uma ponta de lança é semelhante, mas não é igual a uma ponta de flecha, pois as pontas de flechas são pequenas e mais aerodinâmicas do que as pontas de lanças, que são maiores. De modo geral, porém, "cabeça de flecha" é o nome aceito para todos esses instrumentos. Os arqueólogos usam o termo PPK (“projectile points knifes”, em inglês), para se referir a todos esses artefatos, projéteis, pontas e facas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível