Artesanatos e projetos da África Ocidental

Escrito por somer taylor | Traduzido por juliana ferreira dos anjos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Artesanatos e projetos da África Ocidental
O artesanato da África Ocidental inclui, dentre outros, tapeçaria batik e cestos (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Como em outras culturas ao redor do mundo, a África Ocidental tem seu próprio artesanato. Tapeçarias batik e corantes azuis são alguns dos artesanatos tradicionais feitos nesta parte da África. As várias nações da África Ocidental que criaram artesanato exclusivos são a Nigéria, o Senegal e o Mali.

Outras pessoas estão lendo

Pano adire

Feito no sudoeste da Nigéria, o pano adire é um pano tradicional da cultura iorubá. O adire é feito através de costura, amarrando fios ráfia ou algodão na trama do tecido. Penas de galinha são usadas ​​para aplicar uma espécie de pasta de mandioca sobre o pano, antes do processo de coloração, para atuar como um corante de resistência. Esta técnica foi iniciada no século 20 e é chamada "adire eleko". Os vários tipos de panos criados foram chamados de "jubileu", "deusa do mar" e "doce Ibadan".

Para fazer seu próprio projeto de pano adire, compre diversos comprimentos deste tecido e costure as peças de modo a criar um envoltório semelhante àqueles usados por algumas mulheres na África Ocidental. O pano adire pode ser encontrado em diversas cores, não só no tom azul. A menos que você seja hábil na técnica de pintura resistente, pode ser difícil criar um pano adire original - então, comprar este tecido pronto é a opção mais fácil.

Fabricação de corante azul

O corante azul é criado através de um processo de queima da planta do cacau até virar cinzas. Então, uma água é filtrada através das cinzas e capturada em uma panela com folhas de índigo. Esta mistura é fermentada ao sol de 7 a 10 dias antes de estar pronta para uso.

Em 1897, este azul sintético foi criado pela empresa alemã BASF, substituindo a necessidade de criar o azul de forma natural. Hoje, esta coloração pode ser comprada em lojas de artesanato. Depois de fazer o azul de acordo com as instruções do fabricante, use-o para tingir os tecidos.

Panos Ashanti Kente

Segundo a lenda, estes panos foram criados por dois amigos que observavam uma aranha tecendo sua teia, há muitos séculos atrás. Criados em teares com fios de algodão ou seda, os panos agora podem ser feitos com outros tipos de tecido, como o raiom. Os desenhos no pano são, muitas vezes, uma expressão da história ou do pensamento político. Ter um significado social por trás de um projeto é típico da arte visual africana. Assim como no passado, os panos kente são vistos como um símbolo de status elevado. Como os panos adire, cada padrão de pano kente criado tem um nome e significado, que muitas vezes é dado pelo tecelão ao fazer o pano.

Para trazer um pouco da África Ocidental para sua casa, costure diversos panos kente para um criar um novo apetrecho. Estes tecidos podem ser adquiridos em lojas de roupas africanas ou em lojas de tecidos diversos.

Bordados de contas

Os bordados de contas africanas existem há séculos. Há mais de 25.000 anos atrás, contas foram encontradas em túmulos e sítios arqueológicos da Idade da Pedra. Estas eram usadas pelos poderosos para mostrar o seu poder, além de uma oferenda aos deuses pela sua posição. O ofício de trabalhar as contas prosperou sob o reinado de Oba Eware, o grande, do reino de Benin, nos anos 1400. Hoje, bordados de contas ainda são usados na África Ocidental. Por exemplo, em Gana, as pessoas usam contas e ouro através de um processo de fundição com cera.

Continue esta tradição do Oeste Africano fazendo seu próprio colar de contas. Lojas de contas e artesanato possuem uma variedade enorme deste material. Há, ainda, livros que mostram como fazer joias com contas. Você pode, também, fazer a imitação de uma joia. Joias com contas africanas podem ser adquiridas em lojas de artigos africanos ou mesmo em lojas virtuais.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível