Quem eram os assírios na Bíblia?

Escrito por stephanie mitchell | Traduzido por paula belchior
Quem eram os assírios na Bíblia?
Os assírios dominavam a antiga Mesopotâmia (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

O Antigo Testamento refere-se a vários povos antigos que interagiram com a nação judaica. Os mais odiados e temidos deles eram os assírios. Os historiadores e arqueólogos recolheram amplas informações sobre a ascensão e a queda do Império Assírio, corroborando os relatos bíblicos. Como a nação mais poderosa da região, na época de Alexandre o Grande, ela foi tão devastada, que sua famosa capital já não era reconhecível.

História

Os assírios eram as pessoas dominantes no antigo Oriente Médio. Seu reino ficava entre os rios Tigre e Eufrates, e as suas duas cidades principais foram Assur e Nínive. Eles subiram ao poder em algum momento entre 1500 e 1100 a.C, e seu reino caiu em torno de 615 a.C. A Babilônia foi a sua grande concorrente pelo domínio. No século IX a.C, os arameus conquistaram parte do território assírio, mas entre 883 a.C e 727 a.C, os assírios recuperaram o controle de suas terras. Daquele ponto em diante, eles expandiram-se em um império, que se tornou grande demais para controlar. Eventualmente, a Babilônia se libertou e destruiu Nínive, marcando o fim do Império Assírio.

Características

O território assírio era a única área fértil na região árida, de modo que os povos próximos o atacavam regularmente para obter acesso às suas riquezas agrícolas. Os assírios, consequentemente, passaram séculos defendendo suas fronteiras e tornaram-se bélicos e cruéis, torturando seus prisioneiros para intimidar seus inimigos. Eles também dispersaram povos conquistados em diferentes partes do império, quebrando qualquer senso de identidade nacional entre os derrotados. Religiosamente, os assírios eram politeístas e animistas. Eles acreditavam que os objetos inanimados e as características geográficas tinham espíritos, e adoravam deuses da natureza, sendo o mais proeminente o deus Assur.

Relações com Judá e Israel

Durante o período de ascensão da Assíria, o povo judeu foi dividido em dois reinos, Israel e Judá. No século IX a.C, Israel estava constantemente em guerra com a Assíria, até que começou a pagar tributo à ela. No final do século VIII a.C, o rei Acaz de Judá juntou forças com o rei da Assíria para lutar contra Israel e Síria. Acaz e os assírios ganharam, mas Judá tornou-se subserviente à Assíria. O rei Oséias de Israel, em última instância se recusou a pagar tributo à Assíria, a qual destruiu o reino de Israel e desabrigou seu povo. Eles ficaram conhecidos na história como as 10 tribos perdidas.

Referências bíblicas

Os profetas Oseias, Amós, Isaías e Miqueias advertiram Israel que os ataques assírios eram castigo de Deus pela desobediência de Israel. O livro bíblico de 2 Reis narra várias batalhas entre Israel e Assíria, incluindo um cerco de Jerusalém, em última análise, sem sucesso. Ezequiel discute a arrogância dos assírios, e Jonas é enviado para avisar o povo de Nínive que Deus tem a intenção de destruí-los. Mais tarde, Naum e Sofonias profetizaram cada um a queda do Império Assírio e de Nínive, em particular.

Quem eram os assírios na Bíblia?
Jonas estava viajando à Nínive, quando ele foi engolido por uma baleia (George Marks/Retrofile/Getty Images)