Mais
×

Atividade das lignanas

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

As lignanas são um composto químico de plantas que agem como o hormônio estrogênio dos humanos. Além de terem um papel crucial no desenvolvimento das plantas, as lignanas também são digeríveis pelos humanos e são consideradas saudáveis. Alguns pesquisadores acreditam que elas possam ser antioxidantes, uma substância que ajuda no combate ao câncer.

A linhaça é uma fonte dietética de lignanas (Hemera Technologies/Photos.com/Getty Images)

Atividade em plantas

As lignanas são "fitoestrógenos", o que significa que elas são um hormônio que age efetivamente como o estrógeno e são encontradas em plantas. Tecnicamente, os fitoestrógenos não são hormônios estrógenos, mas se ligam a ele para compor e aumentar a atividade do hormônio em questão. Em animais, o estrógeno é um composto químico envolvido na produção de hormônios sexuais femininos. Nas plantas, as lignanas estão inativas e não exercem influência considerável no crescimento da planta. Elas são parte de outros elementos químicos que servem a outros propósitos, como o ecoisolariciresinol e o matairesinol.

Atividade em humanos

As lignanas são produzidas no corpo humano como subproduto da quebra de outros compostos da planta por proteínas e bactérias do trato digestivo. Um vez quebradas, elas são uma fonte de estrógenos relativamente fraca, em comparação com as fontes de origem animal. Descobriu-se que indivíduos com dietas ricas em lignanas tem menos incidentes de doenças do coração, assim como decréscimo dos efeitos da menopausa.

Tratamento do câncer

De acordo com o Linus Pauling Institute, na Oregon State University, existem evidências de que o alto consumo de lignanas possa estar envolvido na redução do risco de câncer. Estudos mostraram uma provável correlação positiva entre as lignanas e a redução de cânceres de ovário e de próstata. Embora estes compostos ajam como antioxidantes em experimentos, é difícil apontar seu papel exato na prevenção do câncer em humanos, pois as lignanas são metabolizadas rapidamente pelas proteínas e bactérias do trato digestivo.

Fontes de alimento

As lignanas são encontradas em várias fontes de alimentos diferentes, incluindo vegetais e grãos, mas as sementes são, de longe, as melhores fontes do composto. O alimento com o teor mais alto de lignanas é a linhaça, que contém 85,5 mg de lignanas em cada 29 g. As lignanas são encontradas apenas nas sementes, não estando presentes no óleo de linhaça. Outras fontes de alimento que contêm este composto incluem as sementes de gergelim e abóbora.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article