Que atividades humanas colocam em perigo ou danificam áreas florestais?

Escrito por laura wood | Traduzido por amanda nunes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Que atividades humanas colocam em perigo ou danificam áreas florestais?
A floresta está risco devido a exploração madeireira (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Acredita-se que a atividade humana possa ser a causa principal da destruição das florestas ao redor do mundo. Os recursos naturais das florestas têm sido usados para comércio, e em uma dimensão menos pessoal, usa-se com pouca consciência do dano que causa ao ecossistema das florestas. Como resultado, um dano permanente está sendo causado nessas áreas. As atividades humanas que colocam em perigo a sobrevivência das florestas incluem exploração madeireira, caça furtiva, agricultura e subsistência.

Outras pessoas estão lendo

Exploração madeireira

Exploração madeireira é o tipo principal de desflorestamento. Empresas de exploração madeireira comercial ganham milhões de dólares todo ano com a derrubada de grandes árvores nas florestas. As toras de madeiras são exportadas para países para fabricação de caixões e móveis. A derrubada de toras de madeira é prejudicial quando associada à prática destrutiva. Só algumas toras de madeira são derrubadas enquanto o resto do ecossistema é prejudicado. Máquinas pesadas e construções de estradas destroem o solo, reduzindo as chances da floresta se regenerar. A derrubada de madeiras também prejudica as videiras, epífitas e animais que vivem nas árvores. O comportamento humano negligente ao derrubar uma árvore também põe em risco outras árvores na área.

Agricultura

Uma quantidade significante de área florestal tem sido posta em risco pelas práticas agrícolas. Grandes áreas florestais são completamente limpas, assim a terra pode ser usada para criação de gado, colheita de alimentos e plantações de árvores. A maior parte do que é produzido é exportado para países industrializados ricos enquanto que a população local fica sem comida. Por conta do desflorestamento o solo não continua fértil por mais do que poucos anos. Fazendeiros são forçados a destruir mais áreas florestais e passar suas colheitas para um novo solo.

Subsistência

Outro tipo de atividade humana prejudicial às florestas são atividades de subsistência causadas pelos moradores locais. Muitas pessoas que são pobres demais para ter sua própria terra se estabelecem ao longo das estradas criadas pelas companhias de exploração madeireira. Eles usam a técnica de corte e queimada: eles limpam a terra do matagal e queimam o material. Depois eles plantam safras para seu próprio consumo e ficam ali até que o solo se torne infértil. Uma vez que isso acontece eles se mudam para uma área próxima. Pode levar entre 20 a 100 anos para a área abandonada se regenerar. Contudo, algumas pessoas voltam para a terra depois de menos de 10 anos, o que prejudica o solo a longo termo.

Caça e caça furtiva

A caça excessiva e a caça furtiva de animais pode causar danos irreversíveis para o ecossistema da floresta. Quando uma espécie de animal se extingue, muitas outras espécies não podem sobreviver sem ela. Apesar da caça em florestas africanas ser ilegal, milhões de animais são mortos todo ano pela sua carne. Em muitas áreas do mundo, os animais têm estado em perigo devido a caça excessiva pelos humanos. Por exemplo, na Ásia, tigres, orangotangos e elefantes da Sumátria estão em perigo. Como o preço por esses animais aumenta no mercado negro, os humanos os caçam agressivamente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível