Atividades infantis baseadas na parábola do Fariseu e o Cobrador de impostos

Escrito por jack stone | Traduzido por rafael mendes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

A parábola do Fariseu e o Cobrador de Impostos, encontrada em Lucas 18:9-14, contém uma importante lição sobre pensar que somos superiores a outros. Mesmo que as crianças, geralmente, gostem dessa história, usar atividades para complementá-la ajuda as crianças a se lembrar melhor e colocar a lição em prática. Enquanto você conta essa história, no entanto, não glorifique o cobrador de impostos. Lembre-se que ele era um pecador; Deus o perdoou por causa de sua atitude humilde. Enfatize o perdão de Deus.

Outras pessoas estão lendo

Recriando a história

Uma maneira divertida de recriar a história é fazer com que as crianças interpretem-la. Atribua a duas crianças os papéis de Cobrador de Impostos de outra de Fariseu. Em seguida, leia a história como narrador. Peça às crianças para fazerem mímicas enquanto você lê.

Você também pode enfatizar pontos da história, interpretando atitudes de humildade e orgulho. Reúna as crianças novamente e pergunte-lhes o que faz com que uma pessoa seja orgulhosa. Deixe as crianças responderem, então, pergunte-lhes o que faz uma pessoa ser humilde. Depois de discutir o orgulho e a humildade por alguns minutos, divida o grupo em duas equipes: uma equipe orgulhosa e uma equipe humilde. Traga um de cada equipe para a frente e dê-lhes um cenário dos dias atuais, tais como "seu time de futebol ganhou com cinco gols de vantagem". Peça para que um dos membros da equipe orgulhosa mostre como uma pessoa orgulhosa pode agir nessa situação, e peça a um membro da equipe humilde para interpretar como uma pessoa humilde agiria em tal situação. Coloque mais duas crianças em um outro cenário, e repita até que todos tenham participado. Fale brevemente a respeito de que atitudes refletem os desejos de Deus para nós.

Outra ideia é pedir às crianças que se curvem como fez o Cobrador de Impostos. Peça que fiquem de joelhos então se curvem sobre as mãos e os joelhos. Pergunte a eles qual é a sensação de curvar-se, e explique que o Cobrador de Impostos fez isso para mostrar humildade.

Lições com objetos

Para ilustrar a história usando balões, distribua balões vazios para cada criança. Fale sobre como cada balão é muito flexível e facilmente moldável e maleável. Peça as crianças que coloquem os balões em seus bolsos ou sob os pés e os estiquem em torno das mãos. Agora peça que todos encham seu balão. Ajude-os a amarrá-lo. Pergunte-lhes o quão flexível o balão está agora, e quão facilmente podem esticá-la em torno de suas mãos ou colocá-lo em seu bolso. Explique que uma atitude orgulhosa, como a do Fariseu, é como o balão cheio. Deus deseja uma atitude humilde. (Ver referência 1).

Leve um quadro branco e marcadores para a sala. Antes de contar a história, fale sobre o quão ruim os Cobradores de Impostos agiam normalmente. Então, fale sobre como os Fariseus agiam normalmente. Leia a primeira parte da história, até a parte em que os homens começam a rezar. Enuncie uma lista de qualidades ruins para cada homem no quadro, com o nome de cada um em uma coluna. A lista deve ser maior para o Coletor de Impostos. Em seguida, leia o resto da história; Pergunte o que aconteceu com os pecados do Cobrador de Impostos. Em seguida, apague o seu lado do quadro. Pergunte agora qual pessoa era melhor aos olhos de Deus. Fale sobre a humildade, o orgulho e a atitude que Deus quer que tenhamos. (Ver referência 2).

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível