Atividades para quebrar o gelo em grupos de idosos

Escrito por audra bianca | Traduzido por clara lee
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Atividades para quebrar o gelo em grupos de idosos
Idosos podem quebrar o gelo com atividades divertidas que os force a se comunicar com os outros (elderly women image by leafy from Fotolia.com)

Imagine o quão assustador pode ser para um idoso chegar a um novo clube ou a um asilo onde não conhece ninguém. Atividades para quebrar o gelo não são apenas para o primeiro dia de escola ou para o acampamento de verão; elas são a solução ideal para ajudar os idosos a fazer amigos. Essas atividades incentivam os participantes a compartilhar informações básicas e detalhes interessantes sobre si mesmos em um contexto divertido.

Outras pessoas estão lendo

Caça ao tesouro

Uma forma de ajudar os idosos a descontrair é fazer com que compartilhem informações na tentativa de resolver um problema comum. Organize uma mini caça ao tesouro na sala de atividades. Distribua os itens em vários lugares ao redor da sala antes do evento. Por exemplo, coloque informações nas mesas ou paredes, ponha itens nas prateleiras e armários e use objetos que já estejam na sala (como plantas e quadros). Uma caça ao tesouro pode ser feita com a coleta de informações em vez de recolher itens. Alguns exemplos: encontrar um local em um mapa olhando em um livro, usar um computador com acesso à Internet para encontrar alguma informação ou observar a cor de um objeto em um quadro.

Faça com que os idosos trabalhem em equipes para completar a caça. Como os idosos podem necessitar de assistência ao se movimentar, coloque aqueles que têm necessidades ambulatoriais com pessoas que possam andar sozinhas. Cada vez que tiverem que trocar informações para encontrar os itens em sua caçada, eles irão conhecer melhor uns aos outros. Quando a caçada terminar, misture os membros em novos grupos e comece tudo de novo para que eles conheçam pessoas diferentes.

Dança dos tapetes

Uma variação da dança das cadeiras pode incentivar os idosos a se movimentar e falar uns com os outros.

Para modificar o jogo da dança das cadeiras para cadeiras de rodas, o facilitador pode designar pontos no chão com tapetes coloridos, que tomarão o lugar das cadeiras. Quando a música parar, os idosos cadeirantes e idosos ambulatoriais devem parar de falar e ocupar um tapete (posicionando sua cadeira de rodas ou os pés em cima do tapete). O facilitador ou um voluntário idoso deve estar no comando das músicas.

Toque a música por um minuto enquanto os participantes andam em volta dos tapetes e falam com outros idosos. Em cada rodada, deve haver um tapete a menos no chão do que o número total de participantes no jogo.

Quando a música parar, todos param em cima de um tapete. Quem ficar sem será eliminado e o facilitador retira mais um tapete. O responsável pela música toca a música de novo, e os participantes passeiam e convivem por mais um minuto, até a música parar. No final, haverá dois idosos concorrendo ao último tapete e um vencedor será determinado.

Atividades ao ar livre

Atividades em grupo para quebrar o gelo irão construir a confiança em um novo grupo de idosos. A chave para a construção da confiança é levar as pessoas a sair de sua zona de conforto, relaxar e conhecer outras pessoas em um ambiente desconhecido. Mova a atividade do grupo para a área externa, incentivando as pessoas a interagir em um ambiente sem restrições. Atividades ao ar livre incluem um passeio pela natureza, projetos de arte e artesanato, ginástica em grupo (como yoga ou aeróbica de baixo impacto) ou um jogo divertido, como lançamento de ovos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível