A audição de um cão é melhor que a de um humano?

Escrito por carrieanne larmore | Traduzido por morgana nunes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
A audição de um cão é melhor que a de um humano?
Audição de um cão tem algumas vantagens sobre a audição humana (shepherd image by Aleksander from Fotolia.com)

Cães e humanos ouvem quase o mesmo em termos de qualidade e capacidade de captar sons do mesmo nível de distância (cerca de 1,6 km). Existem algumas diferenças; os cães têm algumas vantagens anatômicas e a capacidade de ouvir determinadas frequências que os seres humanos não podem.

Outras pessoas estão lendo

Faixas de frequência

O som viaja em ondas que variam em frequência. Quanto mais vibrações por segundo, mais agudo o som será. De acordo com "Dogs: How to Take Care of Them and Understand Them" (Cães: Como cuidar deles e compreendê-los, em tradução livre) os seres humanos podem ouvir frequências de cerca de 20.000 vibrações por segundo, enquanto que os cães são capazes de ouvir frequências que variam de 40 mil a 100 mil vibrações por segundo. Essa diferença pode ser ilustrada pelos apitos para cães, os quais produzem sons que os cães podem ouvir, mas que são indetectáveis ​​por humanos.

Anatomia da orelha

Os cães são capazes de mover a posição de suas orelhas, permitindo-lhes concentrar sua audição mais precisamente em sons específicos. Suas orelhas variam em tamanho, forma e posição, dependendo da raça. Geralmente, no entanto, os cães com orelhas na posição vertical ou que são semicaídas têm a melhor audição.

Capacidade geral auditiva

Uma vez que os cães podem ouvir frequências mais altas do que os seres humanos, as pessoas às vezes igualam isso a ter uma melhor audição. Os cães e os humanos ouvem sons da mesma distância e com a mesma qualidade. Cães com orelhas de abano e longas são uma exceção, pois elas podem ter um impacto negativo sobre a capacidade de ouvir sons à distância.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível