Como avaliar antiguidades

Escrito por ian moore Google | Traduzido por fernanda campello
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como avaliar antiguidades
Os itens esquecidos há anos no porão podem valer fortunas (Comstock Images/Stockbyte/Getty Images)

Você acabou de limpar o seu sótão ou a casa da sua avó e se deparou com algumas antiguidades que podem ter algum valor? Ou talvez você queira ganhar algum dinheiro vendendo todas aquelas figurinhas antigas que ficaram juntando juntando poeira ao longo dos anos? Este artigo irá ensiná-lo a avaliar e o que procurar para determinar o valor de suas antiguidades. Isso é importante para qualquer pessoa que tenha objetos antigos que possam ser de valor.

Nível de dificuldade:
Moderado

O que você precisa?

  • Antiguidades
  • Livros ou informações relacionadas aos itens
  • Guia de preços

Lista completaMinimizar

Instruções

    Como avaliar antiguidades

  1. 1

    Estude o item. Se você tem caixas cheias de objetos ou apenas um item que deseja avaliar, é preciso estudá-los. O estado geral do objeto pode determinar se ele é muito valioso ou simplesmente inútil. Preste atenção a quaisquer rachaduras, ferrugem, se ele está torto ou tem qualquer tipo de desgaste. Uma lâmpada antiga que esteja bem conservada terá um valor muito maior do que aquela que tiver uma rachadura. Certifique-se de inspecionar o objeto por inteiro. As escalas de classificação variam de objeto para objeto, de acordo com o nível de raridade e de conservação (ver Recursos abaixo).

  2. 2

    Saiba a história do objeto. Torne-se quase um especialista na história de seu artigo. Se você está avaliando peças de porcelana do século XIX, pesquise as origens do objeto, seu fabricante e a raridade do item. Vá para livrarias ou utilize a biblioteca ou a Internet para pesquisar o mais profundamente possível sobre seu objeto. Há diversas histórias de pessoas que doaram ou venderam muito barato algumas antiguidades de valor inestimável para lojas de objetos de segunda mão, simplesmente porque não estavam cientes do valor de suas peças. Se você usar seu tempo para fazer uma investigação aprofundada, receberá os frutos no final.

  3. 3

    Esteja ciente das tendências atuais do mercado. Alguns guias de preços são atualizados mensalmente, por isso, se estiver usando um guia de preços de 5 anos atrás para determinar o valor do seu item, então você terá uma avaliação extremamente desatualizada do objeto. Os preços de algumas peças permanecem relativamente o mesmo ao longo dos anos, mas os preços de outras podem variar de mês para mês. Muitas revistas de antiguidades têm tabelas de valores de cartões esportivos, moedas e selos que são atualizadas mensalmente. A melhor opção será buscar o guia de preços mais atualizado possível. Lembre-se de subtrair algum valor do seu objeto caso ele não esteja em excelentes condições.

  4. 4

    Determine a raridade do seu objeto. Se a peça é uma dentre poucas já produzidas ou se for uma peça única, isso poderá influenciar muito o seu valor de avaliação. Por exemplo, se você tem uma pintura original de Andy Warhol com uma lágrima em um dos cantos, ela terá um valor alto, pois é um item raro. No entanto, se você tem uma garrafa de Coca-Cola de 1920 em excelentes condições, ela não terá tanto valor, porque não é tão rara. Procure quaisquer marcas em sua antiguidade. Quaisquer números de série, assinaturas ou certificados de autenticidade facilitarão muito a avaliação da sua antiguidade.

  5. 5

    Permita que o objeto seja avaliado por um profissional. Se você tiver seguido todos os passos acima e ainda não puder confirmar o valor preciso do seu item, leve-o a uma feira de antiguidades ou a uma loja especializada para obter o valor preciso. Se você sentir que o objeto é bastante raro, é possível contratar um avaliador profissional. Há algumas coisas para se lembrar quando você estiver contratando um avaliador. Em primeiro lugar, nunca use um serviço de avaliação online porque, uma vez que o avaliador não está olhando o objeto pessoalmente, o valor será altamente impreciso. Em segundo lugar, nunca deixe que o avaliador faça uma oferta para comprar o seu objeto porque ele poderá dar um preço mais baixo do que o valor de mercado, para facilitar o acordo. Além disso, esteja ciente de que alguns avaliadores cobram algumas centenas de dólares por hora. Por isso, pesquise bastante antes de investir em um avaliador, que pode acabar sendo bem pouco profissional.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível