O que é um baço acessório

Escrito por jenn foreacre | Traduzido por josé víctor dias lourenço
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que é um baço acessório
O baço acessório pode ser clinicamente identificado através do diagnóstico por imagens (medicine image by Mitarart from Fotolia.com)

O baço acessório é um ou mais baços adicionais que crescem além do órgão primário de tamanho normal. Eles são geralmente muito menores em tamanho, medindo não mais do que três centímetros de diâmetro. Alguns baços acessórios funcionam da mesma forma que os órgãos normais, enquanto outros simplesmente crescem e agem como massas tumorais.

Outras pessoas estão lendo

Frequência

De acordo com a Faculdade de Medicina de Wisconsin, baços acessórios ocorrem em 10 a 30 porcento dos indivíduos, e menos de dez por cento deles terá mais do que um desses órgãos.

Baços acessórios são normalmente encontrados no abdome, embora alguns pacientes do sexo masculino tenham apresentado baços acessórios na região dos testículos.

Causas

Muitos casos de baço acessório são desencadeados por trauma abdominal, particularmente por um que tenha causado ruptura esplênica. Em outros casos, não há uma causa conhecida para a condição.

Sintomas

Frequentemente, não há sinais que revelam a presença de um baço acessório. A menos que um diagnóstico de anemia, dor abdominal ou sangramento interno suspeito seja investigado, essa condição pode nunca ser descoberta, ou, se for, será feito acidentalmente. Exames de imagem realizados para outros fins médicos podem alertá-lo sobre a presença de baço acessório em seu corpo.

Riscos

Os baços acessórios, em geral, não são prejudiciais por si só, e podem ser deixados sozinhos, desde que permaneçam no abdome. Mas se houver dores, ou um risco ou a presença de um infarto (morte do tecido causada pela falta de irrigação sanguínea), uma ruptura ou uma torção vascular (uma torção na estrutura), a cirurgia será recomendada.

Tratamento

Baços acessórios podem ser removidos utilizando-se um procedimento cirúrgico laparoscópico conhecido como esplenectomia. A cirurgia é minimamente invasiva, e eles podem ser removidos sem provocar muitos danos a órgãos ou tecidos próximos. No entanto, se o baço acessório não causa qualquer problema para o paciente, a cirurgia não é recomendada, simplesmente porque o tratamento não é necessário nesse caso.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível