Qual o nome da bactéria que causa a tuberculose?

Escrito por donald reinhardt | Traduzido por mara marcos
Qual o nome da bactéria que causa a tuberculose?
Checagens de tuberculose são importantes (Thinkstock Images/Stockbyte/Getty Images)

Mycobacterium tuberculosis é a bactéria que causa a tuberculose. Ela é uma doença infecciosa causada por uma bactéria e transmitida e propagada através de aerossóis (gotículas da boca e do trato respiratório) que são tossidos, espirrados ou forçosamente expelidos do corpo para o ar que circula. Estas gotas, quando inaladas por um hospedeiro suscetível, pode infectar uma nova pessoa e, dentro de algumas semanas ou meses, a doença começa a se desenvolver.

Sinais e sintomas

A tuberculose é uma doença grave e perigosa. Mycobacterium, o micróbio ou uma bactéria, o agente da doença, é muito resistente a químicos fortes, secagem, e aos antibióticos antibacterianos comuns. A doença é lenta e progressiva, sendo os pulmões são o principal local de infecção. Ela pode se espalhar para quase qualquer outro órgão como rins, bexiga, ossos, coluna vertebral, fígado, baço ou cérebro. Infecções de tuberculose são caracterizadas por febre baixa, tosse, fadiga e perda de apetite. Mais tarde, tosse com hemoptise (sangue na expectoração) B poderá ocorrer.

Qual o nome da bactéria que causa a tuberculose?
Sendo uma bactéria que pode causar a doença, o Mycobacterium tuberculosis é um patógeno

Indentificação

O Mycobacterium é uma bactéria, um procarionte unicelular visível em microscópios de luz em grandes ampliações. Quando adequadamente manchado, Mycobacterium tuberculosis aparece como uma bactéria com formato cilindrico (bacilo) que fica vermelho ou fluorescente quando corados com rodamina-auramina. A confirmação positiva de manchas (tamanho, morfologia e cor apropriada) é o primeiro passo no diagnóstico presuntivo de tuberculose.

Diagnóstico

Tipicamente, para o diagnóstico de confirmação, a bactéria é cultivada em meios especiais e submetida a uma série de testes bioquímicos confirmativos. As novas tecnologias para diagnóstico de tuberculose envolvem a amplificação do DNA da Mycobacterium por PCR, seguido por testes de sondas de DNA. Estas sondas identificam o gene que especifica a unidade 16S do ribossomo de organismos de Mycobacterium tuberculosis complexos. As amostras de expectoração utilizadas para o teste PCR permitem a identificação direta, sem necessidade de cultura bacteriana. As sondas específicas cruzam com o DNA amplificado a partir do bacilo da tuberculose lisado nas amostras de expectoração de doentes. Se a bactéria é do tipo correto (bacilo da tuberculose), a sonda encontra no segmento de DNA, trava (cruza) com ele e sinaliza uma identificação positiva.

Tratamento e cuidados

Tratamento apropriado com antibióticos e nutrição balanceada são essenciais para o tratamento de pacientes com tuberculose. A terapia medicamentosa com antibióticos é longa e eficaz se o paciente colaborar e seguir o regime recomendado.

Significância

A tuberculose é uma doença mundial com altas taxas de morbidade e mortalidade. A bactéria Mycobacterium tuberculosis cresce devagar e responde lentamente ao tratamento com antibióticos. Essa doença continuará sendo um problema nos próximos anos.