Como fazer um banho com ervas relaxante para promover o sono

Escrito por pamela martin | Traduzido por samuel silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como fazer um banho com ervas relaxante para promover o sono
Deixe um banho de ervas suavizar o seu estresse e ajudá-lo a dormir (Jupiterimages/Creatas/Getty Images)

Muitas ervas, quando consumidas, supostamente têm efeitos calmantes. Algumas dessas mesmas plantas também podem ajudar a promover o sono quando você as adiciona a um banho quente. Isso pode ser feito diretamente na banheira, adicionando os sacos de chás de ervas, ou você pode prepará-los primeiro e, em seguida, despejar o líquido em um banho quente relaxante. Personalize a mistura de ervas para fazer a sua combinação aromática favorita.

Nível de dificuldade:
Fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • 3 xícaras de lavanda
  • 3 xícaras de camomila
  • Tecidos quadrados de musselina com 15 cm
  • Elásticos

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Misture as ervas em uma tigela ou saco não-metálico.

  2. 2

    Meça 1/2 xícara da mistura em cada tecido de musselina.

  3. 3

    Junte os cantos e prenda-os com um elástico. Alternativamente, você pode amarrá-los com fio de cozinha.

  4. 4

    Coloque um litro de água para ferver em fogo baixo.

  5. 5

    Despeje um saco na água quente. Tampe a panela e remova-a do fogo.

  6. 6

    Deixe o chá de molho por 10 a 15 minutos antes de adicioná-lo ao seu banho.

Dicas & Advertências

  • O lúpulo, a erva-cidreira e a valeriana também ajudam a relaxar e dormir. Misture-as com a lavanda e flores de camomila.
  • Misture o óleo da fragrância de lavanda com partes iguais de vodca e água para fazer um spray de linho para continuar os benefícios do banho de erva. Borrife seu travesseiro levemente com a mistura.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível