Barreiras para uma boa comunicação interpessoal

Escrito por tatyana ivanov | Traduzido por elisa dias
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Barreiras para uma boa comunicação interpessoal
Interações interpessoais inefetivas podem influenciar sua família, amigos e o emprego (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

As interações interpessoais eficazes são enriquecedoras e essenciais. Elas influenciam tudo: da felicidade de sua família até a proximidade de seus amigos e o sucesso de seu trabalho. Infelizmente, comunicar efetivamente seus sentimentos, necessidades e opiniões pode ser difícil às vezes. Há vários tipos diferentes de barreiras que influenciam a capacidade de uma pessoa para ter e sustentar interações interpessoais. Compreendê-las é o primeiro passo para superá-las.

Outras pessoas estão lendo

Barreiras físicas

Apesar das barreiras físicas para interações efetivas parecerem óbvias, suas implicações não devem ser ignoradas. Elas podem incluir uma falta de proximidade pessoal com a pessoa na qual você está tentando comunicar e barreiras técnicas como falta de estratégias de comunicação. Além disso, barreiras físicas imediatas como a porta fechada para a sala de um chefe podem estar presentes. Pode haver várias implicações destas barreiras físicas, chegando ao ponto de criar barreiras emocionais que não deixam interações efetivas acontecerem.

Barreiras emocionais

A maioria das barreiras que afetam uma interação interpessoal efetiva são motivadas pelo medo. Lições aprendidas de experiências negativas durante a infância podem causar medo excessivo, desconfiança e nervosismo quando ocorrer uma tentativa de comunicação interpessoal. Um exemplo de uma barreira emocional aprendida é a inaptidão de confiar em alguém com seus pensamentos, sentimentos ou ideias devido a um medo de ser julgado pelos outros, a ridicularização notável e a exclusão que acompanha esse julgamento. As barreiras físicas mencionadas acima, como a porta do escritório fechada, podem fazer com que as interações interpessoais pareçam indesejadas, causando uma barreira tanto física quanto emocional.

Barreiras de linguagem e culturais

A comunicação é exigida porque as pessoas veem e experienciam o mundo diferentemente. Entretanto, essas diferenças básicas podem causar uma barreira cultural nas interações interpessoais efetivas. Toda cultura tem seus costumes comunicacionais, que vão desde a maneira de abordar alguém até as diferenças espaciais quando em uma conversa cara a cara. Essa diferenças se tornam barreiras quando impedem a comunicação. Por exemplo, se você tem medo de ofender uma pessoa de uma cultura diferente, talvez evite falar com ela devido a esse medo. Homens e mulheres têm também métodos diferentes de comunicação que podem causar desentendimentos frequentes. Por exemplo, as mulheres tendem a tornar suas afirmações mais dóceis com qualificadores que podem diminuir a importância da afirmação para os homens. Da mesma maneira, podem haver barreiras linguísticas entre grupos de emissores, tornando a conversação difícil.

Outras barreiras

Muitas pessoas experienciam vários degraus de ansiedade social que podem impedi-las de interagir com outras em um nível interpessoal. Uma ansiedade social muito forte pode causar um recuo nos relacionamentos com a família, amigos e colegas. Essa reclusão pode se manifestar como uma evitação de proximidade com os outros e um foco maior em atividades que se faz sozinho, como jogos e passa-tempos. Uma sensibilidade para dinâmicas de poder também pode causar uma barreira na comunicação interpessoal. Conversar com um superior em um escritório ou um cenário social pode causar ansiedade, que impede uma comunicação efetiva.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível