Benefícios de fitoesteróis e fitoestanóis

Escrito por sumner brooks | Traduzido por ana rodrigues
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Benefícios de fitoesteróis e fitoestanóis
Dois copos de suco enriquecido com esteróis consumidos diariamente podem ajudar a reduzir o colesterol (backlit orange juice image by sumos from Fotolia.com)

Os fitoesteróis e fitoestanóis, duas substâncias semelhantes que ocorrem naturalmente em plantas, reduzem efetivamente o colesterol, mais especificamente o colesterol LDL. Esses compostos benéficos podem reduzir o risco de doença cardiovascular (DCV), uma das principais causas de morte nos EUA. Avanços em tecnologia de alimentos tornam mais fácil o consumo de fitoesteróis adequados em uma base diária. Os fabricantes de alimentos adicionam esses ingredientes funcionais a uma variedade de alimentos e de bebidas.

Outras pessoas estão lendo

Redução do colesterol

Apesar de não saber o exato mecanismo de ação, o National Cholesterol Education Program (NCEP) e o Food and Drug Administration, nos EUA, apoiam as provas e alegam que os esteróis vegetais reduzem o colesterol. Eles bloqueiam a absorção intestinal de colesterol gorduroso proveniente de alimentos e do colesterol produzido no fígado. Foi constatado que indivíduos com níveis elevados de colesterol o reduziram em um total em 5%, e o LDL, ou "mau" colesterol, sofreu uma redução de 9,4% depois de apenas oito semanas do consumo diário do suco de laranja enriquecido com esteróis. Esteróis não afetam o HDL, ou "bom" colesterol.

Redução da inflamação

A inflamação desempenha um papel importante no desenvolvimento de doenças cardíacas, especialmente derrame e outras doenças cardiovasculares. A proteína C-reativa (PCR) no sangue mede, de forma confiável, o grau de inflamação no organismo: a sua elevação se traduz em um maior risco de doença cardiovascular. O consumo diário de fitosteróis durante oito semanas pode reduzir significativamente a PCR e a inflamação.

Alimentos fortificados

Empresas de fabricação de alimentos primeiramente fortificados, tipo margarina, os produzem com esteróis desde 2000, e o mercado consumidor para esses alimentos de promoção da saúde continua a crescer. Fabricantes fortalecem uma variedade de produtos, incluindo o suco de laranja, iogurte, queijo, pão e leite. Em quantidades menores, esteróis e estanóis existem naturalmente em frutas, legumes, nozes e óleos. Embora esses alimentos contenham nutrientes essenciais para uma dieta saudável, eles não fornecem esteróis suficientes para atender a dose recomendada para reduzir o colesterol. Para obter recomendações sobre os tipos e quantidades desses alimentos para inclusão na sua dieta, consulte o site MyPyramid.gov.

Percepção experiente

A MayoClinic.com recomenda o consumo de, pelo menos, 2 g por dia de esteróis e estanóis vegetais para atingir os efeitos benéficos sobre o colesterol. A quantidade de esteróis contidas em 30 ml de suco fortificado é igual a recomendação de 2 g. Outra forma de atingir a dose diária de 2 g inclui o uso de uma alternativa à manteiga enriquecida com esteróis. Isso não só o ajudará a alcançar sua meta diária, mas também reduzirá a ingestão de gordura saturada.

Considerações

As vitaminas essenciais lipossolúveis necessitam de gordura para a absorção adequada e completa pelo organismo. A redução da absorção do colesterol resultante da fortificação de esteróis, teoricamente, pode afetar negativamente a disponibilidade dessas vitaminas. O estudo da Universidade Califórnia Davis, no entanto, não encontrou efeitos adversos sobre a absorção das vitaminas solúveis em gordura: vitamina E, beta e alfa-caroteno, licopeno e luteína. Isso levou a Food and Drug Administration a recomendar o consumo de alimentos e bebidas enriquecidos com estanóis como uma forma segura e eficaz para reduzir o colesterol.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível