Por que os biólogos usam microscópios estereoscópicos?

Escrito por brent t. edwards | Traduzido por barbara carvalho
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Por que os biólogos usam microscópios estereoscópicos?
O microscópio estereoscópico permite a observação em 3D (microscope image by Fotocie from Fotolia.com)

Os microscópios estereoscópicos oferecem aos biólogos uma perspectiva única em estudos de células, tecidos e espécimes. A construção de seu ocular permite uma visão estereoscópica, resultando em uma imagem tridimensional que outros microscópios não conseguem alcançar. Isto quer dizer que os biólogos podem obter um ângulo de observação profundo (literalmente) e integral em relação ao que eles examinam; e também que podem ser feitas, com facilidade, comparações lado a lado de diferentes espécimes. É também, geralmente, um dispositivo de baixa ampliação, comparado com outros microscópios.

Outras pessoas estão lendo

Função

A característica principal de um microscópio estereoscópico é seu tubo ocular duplo, que usa lentes separadas e em ângulos levemente diferentes. Isto é o que o diferencia da maioria dos outros microscópios, que geralmente reproduzem o objeto de estudo em apenas duas dimensões. Já que os seres humanos possuem naturalmente uma visão binocular (dois olhos), um microscópio estereoscópico tira proveito desta e permite aos pesquisadores ganhar uma vista mais completa. Os espécimes aparecem em plena cor, e podem ser examinados sob qualquer ângulo.

Características

Este tipo de microscópio oferece um raio de espacejamento ocular de 50 mm a 70 mm. As duas lentes estão ligadas, de modo que, ao mover um ocular, o outro move-se automaticamente. As lentes podem ser ajustadas às necessidades visuais do operador. Por exemplo, se um olho é mais fraco que outro, um simples focar de uma lente pode compensar. O poder de ampliação varia de 0.7X a 3X.

Por que os biólogos usam microscópios estereoscópicos?
Os biólogos obtém uma vista completa do espécime para análise (microscope image by guy from Fotolia.com)

Utilizações

Os biólogos utilizam microscópios estereoscópicos para examinar plantas, animais, insetos, fungos e qualquer outro objeto de estudo. O espécime pode ser examinado em detalhe e dimensão completos; uma formiga, por exemplo, pode ser estudada intacta para apreciar forma e função, e então (ao prosseguir com uma dissecação) o microscópio estereoscópico mostra as estruturas internas, também em três dimensões .

Comparações lado a lado

Os biólogos que conduzem estudos de tecidos podem ajustar os microscópios estereoscópicos para comparações lado a lado. Isto elimina a necessidade de trocar lâminas; é possível alinhar os dois espécimes e vê-los com cada olho. Geralmente, isto é utilizado por peritos criminais na análise de comparações balísticas, embora possa ser facilmente feito, da mesma maneira, por biólogos na comparação de amostras orgânicas de qualquer tipo.

Flexibilidade

Os microscópios estereoscópicos podem ser ajustados em termos de suporte, iluminação e posicionamento. Isto quer dizer que biólogos podem adaptar de imediato o instrumento ao que quer que eles necessitem durante a análise e amostragem orgânica. É, portanto, ideal para uso no campo. Também é rápido de montar, já que os espécimes não necessitam de preparação especial e podem ser vistos imediatamente. Esta versatilidade acrescenta valor ao microscópio estereoscópico.

Por que os biólogos usam microscópios estereoscópicos?
Os microscópios estereoscópicos têm fraca ampliação, mas uma grande versatilidade (Microscope from Below image by Yali Shi from Fotolia.com)

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível