Como saber se uma bolsa Chanel Cambon é autêntica?

Escrito por kallie johnson | Traduzido por victor rodrigues
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como saber se uma bolsa Chanel Cambon é autêntica?
A falsificação de acessórios de grife é um comércio lucrativo (heavy purse image by Julia Britvich from Fotolia.com)

Com o aumento das vendas e produção de bolsas Chanel Cambon falsificadas, é importante que você saiba o que procurar para garantir que está comprando uma autêntica bolsa Chanel. Muitas pessoas que afirmam que a bolsa é autêntica estão fazendo alegações falsas ou são desinformados, por isso, fique atento.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Peça ao vendedor para ver o recibo da bolsa Chanel Cambon, pois estas só são vendidas através de lojas Chanel Boutique e Neiman Marcus, de modo que o recibo de compra original tem de ter vindo de uma dessas lojas.

  2. 2

    Inspecione a qualidade do couro. A Chanel Cambon é feita de couro de bezerro de alta qualidade, não de pele de cordeiro.

    Identifique onde a bolsa é feita a partir da marca dentro dela, pois este modelo é feito na Itália, não na França. A Chanel tem itens de fabricação na França, mas não este tipo de bolsa. Você pode concluir que é falsa se a etiqueta for francesa.

    Pesquise o estilo específico de Chanel Cambon que você está comprando e inspecione completamente a bolsa. Este tipo vem em muitos estilos: tote, à tiracolo, bolsa boliche, pochette, bolsa carteiro e bolsa de mão. Cada um destes diferentes estilos tem características únicas e diferentes cores de couro e revestimento. Familiarize-se com as combinações corretas de cores e características de uma autêntica bolsa Chanel Cambon no estilo que você está interessado em comprar.

  3. 3

    Inspecione a sacola de compras ou o saco protetor de pó, se forem fornecidos pelo vendedor. Confira se são pretos com a palavra "CHANEL" escrita na frente. Muitas bolsas falsas vêm em um saco branco semitransparente com os dizeres "Chanel França" ou "Chanel Italy" na frente. Este é um indicativo de que a bolsa não é legítima. Carteiras e pequenos artigos em couro não vêm com os sacos protetores.

  4. 4

    Preste atenção no número de série e no cartão do número de série. Este tipo de bolsa vem com um adesivo holográfico de série colado à etiqueta costurada dentro da bolsa e um cartão de número de série que coincidem.

    Inspecione o número de série. A partir de 2010, os números de série falsos mais comumente usados para este modelo são: 7244764, 8947749, 9316391, 9395451, 9395455, 9675223, 9777617, 9889754, 9892039, 10218184, 10380486, 10501946, 10995820, 11062948 e 10803549. Verifique se a bolsa não tem algum destes números.

    Examine o cartão de número de série: ele deve ser preto com detalhes e letras dourados. Não é laminado. O cartão autêntico tem sido o mesmo nos últimos 25 anos e não mudou. Familiarize-se com sua aparência e estilo se você tem um velho ou conhece alguém que o tem.

    Certifique-se de que o holograma adesivo dentro coincide com o número do cartão.

    Não compre a bolsa se, ​​ao inspecionar o número da etiqueta, notar que parte ou a totalidade da etiqueta do holograma foi removida. A bolsa pode ser autêntica, mas também pode ter sido roubada. Em tal caso, uma parte do número de série é frequentemente removido da bolsa. O adesivo não descasca facilmente, seria necessário rasgá-lo com certa força.

  5. 5

    Encontre o vendedor em uma boutique Chanel, se possível, e peça ao gerente da boutique para autenticar o item.

    Tenha em mente que a Chanel não autentica itens por escrito. Eles vão apenas dizer verbalmente se consideram o item como autêntico ou falso. A Chanel nunca oferece ou dá uma prova escrita. Portanto, se alguém afirma ter uma carta de autenticidade da Chanel, já saiba de imediato que é falsa.

Dicas & Advertências

  • Verifique a reputação do lugar. Se o vendedor está em um site, como o eBay, verifique seu feedback. Se for uma loja, verifique sua credibilidade com pessoas que possam conhecê-la.
  • Veja se um dos seus cartões de crédito oferece qualquer proteção ao comprador antes de realizar a compra. Determine se, caso compre a bolsa e ela acabar sendo falsa, você pode contestar legalmente. Tente usar um cartão que ofereça este serviço.
  • A Chanel não dá desconto em seus itens ou os vende no atacado. Eles geralmente mantêm o valor ou mesmo aumentam devido a pessoas que querem os mais antigos. Pergunte-se por que um item tem um preço muito mais barato. Se parece bom demais para ser verdadeiro ou real, provavelmente é falso.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível