Bons modos na rua para damas da era vitoriana

Escrito por kaye jones | Traduzido por marcella narvaes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Bons modos na rua para damas da era vitoriana
Damas vitorianas aspiravam ser graciosas e recatadas (Brand X Pictures/Brand X Pictures/Getty Images)

O período vitoriano (1837-1901) foi uma época de grande mudança social e econômica. A revolução industrial, por exemplo, criou uma economia consumista e uma classe média ascendente que desejava distinguir-se socialmente dos fazendeiros e moradores de cortiços. Especialmente para mulheres, isso criou um código moral rígido, baseado em rituais sociais elaborados, que tinha um grande impacto em suas vidas diárias.

Outras pessoas estão lendo

O modo de andar

De acordo com os valores da época, uma dama vitoriana deveria andar silenciosamente pela rua, sem chamar atenção para si mesma. Ao atravessar a rua, ela deveria levantar um pouco o vestido, segurando suas dobras com a mão direita e trazendo-o para a direita. Era considerado vulgar levantar o vestido com as duas mãos e exibir uma grande parte do tornozelo, exceto quando havia muita lama. Se um homem oferecesse ajuda para atravessar a rua, ela deveria graciosamente aceitar a oferta.

Cumprimentando amigos

Na rua, uma dama vitoriana cumprimentava conhecidos com uma reverência cortês. Ela não deveria correr ou chamar por suas amigas, nem correr e beijar efusivamente; o beijo era reservado apenas para os mais próximos e queridos e poderia ser a fonte de uma infecção. Em contrapartida, um sorriso e uma reverência eram considerados apropriados, seguida pela pergunta de como estava a saúde do conhecido.

Sexo oposto

Havia regras distintas quanto ao encontrar pessoas do sexo oposto. Quando apresentada a um homem, por exemplo, uma dama nunca oferecia a mão, mas fazia uma educada reverência e dizia "É um prazer conhecê-lo". Ela deveria tomar o cuidado de ser a primeira a fazer a reverência. Além disso, era considerado inaceitável para uma mulher referir-se a um homem pelo seu primeiro nome.

Conversas

Também havia regras quanto às conversas na rua para damas vitorianas. Era considerado vulgar, por exemplo, conversar em voz muito alta ou rir ruidosamente em um horário inapropriado. Ao invés disso, uma dama deveria ouvir com atenção, nunca interromper outra pessoa e evitar ser muito franca ao expressar suas opiniões. Ela deveria abster-se de falar mal de outras pessoas abertamente ou ferir os sentimentos de alguém. Demonstrar piedade pelos menos afortunados era considerado o modelo da verdadeira feminilidade.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível