O que a borboleta faz pela natureza

Escrito por julia fuller | Traduzido por karina moraes kurtz
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que a borboleta faz pela natureza
Borboleta (http://www.flickr.com/photos/hape_gera/193869094/)

Outras pessoas estão lendo

Polinização

Quando uma borboleta adulta pousa em uma flor para sugar algum néctar delicioso através de sua tromba, ela acidentalmente recolhe o pólen em seu corpo, uma vez que entra em atrito com a antera. A borboleta esfrega um pouco do pólen na próxima flor, ao se mover ela recolhe um pouco mais. Através deste processo, a borboleta é capaz de polinizar numerosas flores sempre que se move. A polinização permite reproduzir plantas através da produção de sementes. Claro, algumas sementes são protegidas dentro de deliciosas frutas que gostamos de comer, outras estão alojadas em vegetais. As borboletas parecem preferir flores rosas, vermelhas e roxas. Como uma borboleta não pode sentir o cheiro não se importa que as flores que poliniza são inodoras, isto é, sem cheiro. Sua longa tromba lhe permite acessar flores que a abelha não poderia, e seu peso leve permite que ele pouse na mais delicada das plantas. As larvas de borboletas, também conhecido como lagartas, são importantes para os agricultores e jardineiros para ajudar a controlar o crescimento da planta. Pelo fato da borboleta ser sensível a mudanças ecológicas, sua vida ajuda a indicar aos cientistas a saúde atual do ecossistema.

Proporciona alimento

Os estágios de crescimento de uma borboleta fornecem fontes de alimento para muitos insetos, pássaros, aranhas, répteis, mamíferos e anfíbios. Existem formigas que consomem ovos de borboletas. A etapa das larvas da borboleta fornecem alimento para os insetos e muitos tipos de aves. Mesmo a crisálida e a lagarta fornecem uma refeição ocasional para os escorpiões e formigas. As borboletas adultas fornecem refeições para os morcegos, lagartos, aves (incluindo as belas aves canoras), aranhas, vespas e grandes sapos. Alguns parasitas vivem dentro do corpo da lagarta e se alimentam dela. Esta escotilha de ovos postos por alguns tipos de moscas e vespas.

Adicione beleza e mágica

Você pode imaginar a borboleta como sendo uma flor viva, exibindo sua beleza por onde passa. As cores brilhantes vivas destacam-se contra o céu azul e a folhagem verde, atraindo seus companheiros. As cores brilhantes dissuadem alguns potenciais predadores, sugerindo mau gosto ou veneno. Antes do inverno, a frágil borboleta monarca realmente migra até 3218,7 km, formando grandes colônias no México e em partes da Califórnia. Elas vão para o norte e leste quando a primavera chega, colocando seus ovos ao longo do caminho antes de morrer. Apesar de borboletas fazerem essa viagem apenas uma só vez, elas magicamente sabem para onde ir. A metamorfose é pura magia na natureza quando uma linda borboleta emerge completamente formada a partir de uma crisálida que foi desmembrada de uma lagarta rastejante. A borboleta começa a vida como um ovo que se choca em uma larva ou lagarta. A lagarta cresce e cria uma caixa de proteção conhecida como uma crisálida, que é a fase de pupa.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível