Como as borboletas se defendem?

Escrito por rachel hurt | Traduzido por marcelo couto
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como as borboletas se defendem?
A borboleta Monarca é tóxica para seus predadores (monarch butterfly image by Clarence Alford from Fotolia.com)

Outras pessoas estão lendo

Olhos falsos

Muitas borboletas usam olhos falsos, como os pavões, para se defenderem. Os olhos são uma forma comum de defesa que utiliza padrões encima, debaixo, de ambos os lados ou na frente e atrás das asas. Algumas espécies de borboletas possuem dois olhos falsos gigantes nas asas traseiras, quando um predador se aproxima, a borboleta mostra os olhos e o assusta. Outras borboletas têm pequenos olhos falsos, geralmente posicionados nas laterais das asas, que enganam o predador, fazendo-o atacar os olhos, desse jeito ela pode fugir sofrendo perdas mínimas. As borboletas cauda-de-andorinha, e outras espécias como essa, levam o truque para outro nível. Elas tem caudas nas asas traseiras, perto dos olhos falsos. Os animais confundem essa combinação como antenas e olhos e não conseguem adivinhar em qual direção a borboleta irá se mover.

Deixam um gosto ruim na boca

Algumas borboletas são venenosas ou têm gosto ruim. Cores vibrantes geralmente avisam ao animal que a sua presa não é agradável ao paladar. Um predador que já tenha sofrido os efeitos de comer uma borboleta tóxica ou ruim se lembrará das suas cores e aprenderá a evitar esse padrão de cor.

Imitação

Ser saborosa não é bom para uma borboleta e, por causa disso, muitas espécies utilizam imitações. Essa é uma defesa útil para borboletas saborosas e coloridas. Os seus padrões de cores evoluíram para se parecerem com os de seus parentes de gosto ruim. Um bom exemplo disso é a colorida Vice-Rei, cujo padrão laranja e preto é extremamente parecido com a tóxica Monarca. Qualquer predador que tenha sobrevivido à Monarca nunca mais tentará comer algo laranja e preto.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível