Como as borboletas se reproduzem?

Escrito por brandi laren | Traduzido por elton alves ribeiro
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como as borboletas se reproduzem?
eHow Brasil (hagit berkovich/iStock/Getty Images)

Outras pessoas estão lendo

Antes do acasalamento - atração da borboleta

Borboletas macho e fêmea liberam feromônios no meio ambiente. Quando uma fêmea libera essas substâncias, machos podem detectá-los a quase 1,5km de distância.

Uma vez que um macho encontra uma fêmea que tenha lançado feromônios, ele bate suas asas extremamente rápido e libera uma nuvem de escamas minúsculas bem acima das antenas da fêmea. Estas escamas também carregam ferormônios, que criam uma espécie de carga sexual dentro da fêmea. Uma vez que ela detecte essas substâncias estará pronta para acasalar.

O processo de acasalamento

Borboletas reproduzem quando se tornam adultas. Um macho e uma fêmea ligam seus abdômens cauda a cauda e se acasalam voltadas em direções opostas.

Os órgãos produtores de espermatozóides do macho estão localizados dentro de seu abdômen. Quando as borboletas começam a acasalar, esses órgãos no final do abdômen do macho se abrem e encaixam no abdômen da parceira.

Em seguida, o pênis do macho penetra na fêmea e deposita esperma em seu abdômen através de uma pequena bolsa. Isto fertiliza os ovos da parceira.

Surpreendentemente, as borboletas podem voar enquanto estão acasalando! Entretanto, a maioria permanece imóvel durante o processo de reprodução.

Pós-acasalamento : prenhez, nascimento e crescimento

Uma vez que dezenas de ovos da fêmea são fertilizados, ela os põe em uma variedade de diferentes plantas. Estas fornecerão o alimento necessário para as lagartas quando se romperem os ovos.

Dentre os cerca de cem ovos que uma fêmea pode colocar em sua vida, apenas cerca de 2% vai sobreviver como resultado das condições naturais e predadores. Estes ovos são minúsculos, mas podem vir em uma variedade de formas e tamanhos, dependendo da espécie.

A fase de ovo é a primeira fase da vida de uma borboleta. Uma vez que o ovo se rompa, uma larva, ou lagarta, surge. Ela se alimenta das folhas onde foram depositadas e acumulam energia e nutrientes necessários à metamorfose. Depois de crescer até sua capacidade total, ela cria uma crisálida ou casulo. Dentro dele, partes da estrutura da lagarta se dissolvem e se transformam no corpo de uma borboleta adulta. Uma vez que a crisálida conclui esse processo, ela surge como borboleta e começa a procurar um parceiro.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível