×
Loading ...

Brasília: o que a capital federal tem para oferecer?

Reprodução Anonymous|Creative Commons Attribution 3.0 Unported

Introdução

As decisões mais importantes do País são tomadas em Brasília. Nessa cidade planejada construída de acordo com um projeto do arquiteto e urbanista Lúcio Costa, tudo está onde deveria estar. E, para convencer de vez quem está inclinado a visitar a cidade e dar uma passada por lá, é preciso citar Oscar Niemeyer, arquiteto que projetou os prédios públicos da cidade, como o Palácio do Planalto, a Catedral Metropolitana, o Congresso Nacional. Além das atrações arquitetônicas e urbanísticas, Brasília também tem vida cultural animada e áreas verdes.

Reprodução Alex Pereira|domínio público

Arquitetura de Oscar Niemeyer

O arquiteto Oscar Niemeyer aliou, em seu trabalho, o concreto às curvas que, segundo ele, estão presentes no corpo da mulher brasileira, nas montanhas, na natureza. Seu trabalho ganhou o mundo e lhe rendeu reconhecimento internacional. Em Brasília, respira-se Oscar Niemeyer. Seus traços estão nos prédios mais importantes da capital, como o Congresso Nacional, o Palácio do Planalto, o Palácio da Justiça, o Palácio da Alvorada e a Catedral Metropolitana. A cidade projetada por Lúcio Costa teve seus principais prédios desenhados por Niemeyer.

Reprodução Wikimedia Commons|CC0 1.0 Universal Public Domain Dedication

Memorial JK

A ideia ousada de transferir a capital brasileira do Rio de Janeiro para o centro do País foi do presidente Juscelino Kubitscheck. Ele imaginou a construção de uma cidade nova, planejada, para abrigar os Poderes constituídos do País. O Memorial JK foi inaugurado em 1960 e conta a história do presidente realizador de Brasília. Ali, estão um museu, a biblioteca particular do presidente, gabinete com móveis que pertenceram a ele, além de uma câmara mortuária, onde está seu corpo.

Reprodução Setnab|Attribution-Share Alike 3.0 Unported

Catedral Metropolitana

A Catedral Metropolitana é um dos cartões postais de Brasília. Seu formato é diferente de uma igreja tradicional, pois é formado por arcos côncavos que circundam todo seu exterior e formam uma cúpula. Dentro da catedral há três anjos pendurados, presos por cabos de aço. O maior pesa 300 quilos e mede 4,45 metros de altura. A luz que penetra o local é colorida pelos vitrais que circundam o espaço. Na praça de acesso, estão esculpidas quatro estátuas de bronze, cada uma com três metros de altura. Elas representam os evangelistas Marcos, Mateus, Lucas e João, e foram esculpidas pelo escultor Alfredo Ceschiatti e pelo artista plástico Dante Croce.

Reprodução Florian Knorn|GNU Free Documentation License

Museu Nacional

A capital do País também tem muitas opções culturais, e uma delas é o Museu Nacional. Por ali, passam exposições importantes e que visitam os principais museus do mundo. Nele, também há mostras de filmes, seminários e diversos eventos, que enriquecem a cena cultural da capital federal. O prédio foi concebido pelo arquiteto Oscar Niemeyer e desenhado em forma semiesférica. O edifício foi todo feito em concreto na cor branca e sua cúpula tem 25 metros de raio.

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

Congresso Nacional

O Congresso Nacional é importante por sua relevância política e por isso merece uma visita. Além disso, o prédio que abriga a Câmara dos Deputados e o Senado Federal é grandioso e de arquitetura marcante. Em seu interior, há obras de arte, áreas com espaços verde e amplos, além de bela decoração. Cada cúpula do prédio representa uma Casa do Poder Legislativo. A convexa é a Câmara dos Deputados. A côncava é o Senado Federal. O Congresso é aberto à visitação.

Reprodução Andre Brito - Professor e Designer|domínio público

Palácios da Justiça e do Itamaraty

Dois palácios projetados por Oscar Niemeyer estão entre os principais pontos turísticos de Brasília - o da Justiça e o do Itamaraty. No Palácio da Justiça, há um espelho d'água na fachada e cascatas artificiais. O do Itamaraty é a sede do Ministério das Relações Exteriores e fica em frente ao Congresso Nacional. Na entrada, sobre o espelho d'água está instalada a obra "Meteoro", que representa os cinco continentes. A obra é do escultor Bruno Giorgi. O palácio conta com obras de arte em seu interior, além de jardins internos. Há visitas guiadas a cada hora, oferecidas em português, espanhol, francês e inglês.

Reprodução Annemariebr|domínio público

Palácio do Planalto

Quem nunca se emocionou ao ver o presidente subir a rampa do Palácio do Planalto pela primeira vez? Independentemente de vertente política, é sempre impactante pensar que um cidadão eleito pelo povo irá dirigir o País e tomar decisões que impactam a vida de toda a população pelos próximos anos. É no Palácio do Planalto que trabalha o presidente da República. No primeiro andar, ficam as salas nobres de audiência e salões de banquete. O gabinete do presidente fica no segundo andar. A troca da guarda presidencial ocorre a cada duas horas.

Reprodução Secretaria de Imprensa e Porta-Voz da Presidência da República|Palácio do Planalto

Palácio da Alvorada

O Palácio da Alvorada é o imóvel planejado para ser a residência do presidente da República. É uma das atrações turísticas mais visitadas de Brasília e também foi projetada por Oscar Niemeyer. O Palácio fica às margens do Lago Paranoá. Em sua área verde, há animais soltos, como emas e araras, além de ampla variedade de plantas e árvores frutíferas. Há visitas guiadas às quartas-feiras, mas o visitante visita apenas o exterior da casa e tem acesso visual aos cômodos do primeiro andar. No segundo andar, estão os cômodos privativos do presidente. O formato diferenciado dos pilares do prédio deu origem ao símbolo e ao emblema de Brasília.

Reprodução Mugnatto|Creative Commons Attribution 3.0 Unported

Ponte JK

Em 2003, a Ponte Juscelino Kubistcheck, em Brasília, foi eleita pela Sociedade de Engenharia do Estado da Pensilvânia, nos Estados Unidos, como a ponte mais bonita do mundo. São três arcos sobre o Lago Paranoá, ligando o Eixo Monumental à QL-26 do Lago Sul. São 1.200 metros de travessia. A ponte, inaugurada em 2002, é um dos cartões-postais da cidade. Como Brasília é plana, a partir da ponte é possível enxergar grande parte da capital federal. O visual também é bonito à noite.

Reprodução Veriana Ribeiro|Flickr|Atribuição 2.0 Genérica (CC BY 2.0)

Lago Paranoá

À primeira vista, Brasília pode parecer ter muito concreto e pouco espaço para a natureza. Mas a cidade possui bonitos parques, com verde, água e área para o lazer de famílias e crianças. O Lago Paranoá é frequentado por moradores e turistas. O lago artificial tem uma extensão de 40 quilômetros quadrados e 48 metros de profundidade. Ali, há variedade de fauna e flora. O local conta com grande variedade de embarcações, que fazem roteiros turísticos e oferecem opções culturais. O Paranoá também é cercado por muitas opções gastronômicas.