Mais
×

Como fazer um buquê de rosas de organza

Atualizado em 17 abril, 2017

Um buquê de rosas adiciona cor a qualquer cômodo e pode ser usado como suporte para fotografias ou como um simples presente. No entanto, rosas vivas são frágeis, murcham e morrem rápido. Uma solução para esse problema é fazer um buquê de rosas de organza. Esse tecido parece como uma verdadeira e delicada pétala de rosa, mas se mantém melhor sob estresse e pode durar indefinidamente.

Instruções

Rosas de organza são alternativas duradouras (Jupiterimages/liquidlibrary/Getty Images)
  1. Corte dez círculos de organza, cada um medindo 2,5 cm de largura e 5 cm de comprimento. Isso formará as pétalas da rosa.

  2. Corte pedaços de fio floral com 25 cm de comprimento. Isso formará o caule da rosa.

  3. Enrole cada pétala verticalmente em torno da extremidade do fio floral. Fixe-as ao fio com a fita floral permitindo que a metade superior das pétalas fique pendurada à extremidade do fio.

  4. Enrole e fixe o restante da fita às pétalas em torno do fio, uma de cada vez, mergulhando-as em cima das outras, para criar um formato de rosa.

  5. Segure as extremidades da rosa acima de uma vela e permita que o tecido derreta um pouco e comece a dobrar.

  6. Repita os passos 1 a 5 para cada uma das rosas rosas que quiser fazer.

  7. Reúna os caules juntos para formar um buquê e enrole a fita floral em torno deles para uni-los.

  8. Amarre a fita em arco em torno dos caules para adicionar um pouco de cor.

Dicas

  • Para um visual clássico, use organza em cores tradicionais de rosa, como vermelho, rosa, branco ou amarelo. Para um visual gótico, considere usar organza preta.

Aviso

  • Quando segurar o tecido acima da vela, não permita que a chama o toque.
  • A vela deve ser colocada acima de um superfície não inflamável, como uma assadeira.

O que você precisa

  • Organza
  • Tesoura
  • Fios florais
  • Cortadores de fios
  • Fitas florais
  • Vela
  • Faixas decorativas
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article