Por que o cabelo do meu filho não cresce?

Escrito por audrey sivasothy | Traduzido por alana medeiros
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Por que o cabelo do meu filho não cresce?
Menina com copo e canudinho (Jupiterimages/Pixland/Getty Images)

Da pré-escola até aprender a usar o "troninho", os pais têm muitas coisas para se preocupar. Muitas vezes, a aparência de sua criança é outra preocupação. Quando, mesmo com o passar dos anos, a criança ainda tem o cabelo muito fino, os pais ficam, muitas vezes, preocupados. Normalmente, esses problemas de cabelo são normais e devem melhorar com o tempo, no entanto, ocasionalmente, a falta de cabelo em uma criança é um sinal de um problema maior.

Outras pessoas estão lendo

Fatores de crescimento do cabelo

O crescimento de cabelo das crianças, sua cor e textura são afetados por níveis de hormônios e genética da família. Os hormônios são responsáveis ​​por regular o tempo de crescimento e as fases de troca. A genética afeta a cor do cabelo e a textura. Uma vez que os hormônios e genética desempenham um papel importante no crescimento do cabelo, pode ser perfeitamente normal para uma criança ter cabelo comprido e grosso, enquanto um irmão tem cabelo muito fino.

Problemas comuns no cabelo da criança

Como os adultos e crianças mais velhas, os bebês podem sofrer de condições graves do couro cabeludo. Duas condições comuns incluem alopecia por tração e Tinea capitis. Alopecia por tração é uma forma de perda de cabelo prematura que ocorre quando os estilos de cabelos curtos, como rabos de cavalo ou tranças, geram excesso de tensão e estresse no couro cabeludo e nos folículos pilosos. Essa condição é mais comum nas meninas e tende a afetar a linha frontal do cabelo, as arestas e as áreas da nuca. A Tinea capitis é uma doença contagiosa e fúngica que pode afetar os folículos pilosos do couro cabeludo de uma criança. Essa desordem provoca manchas consideráveis​​ e calvície.

Soluções para o crescimento do cabelo

Consulte um pediatra ou dermatologista se você acredita que seu filho pode ter uma condição do couro cabeludo. Um médico poderá ajudá-lo a desenvolver um plano de tratamento para a condição do seu filho. Se ele for saudável e ainda estiver tendo problemas de crescimento, esperar pode ser a única solução. Enquanto você espera, cuide do cabelo!

Massagem: Estimule o couro cabeludo todas as noites através de massagem para incentivar o fluxo sanguíneo e nutrientes na região do couro cabeludo.

Xampus de bebê: Xampus infantis são formulados com pH elevado para que sejam suaves para os olhos de seu filho, mas esses xampus alcalinos são ruins para os cabelos finos do bebê. Tente usar condicionadores instantâneos leves para limpar e condicionar o cabelo de seu filho e ajudar a reter a umidade e lutar contra a ruptura.

Tratamento noturno: Muitos bebês e crianças têm um ponto duro em suas nucas por conta do atrito durante a noite. Evite esse atrito à noite utilizando uma fronha de cetim.

Dê um tempo

Os hormônios e a genética nos dão poucas opções para acelerar o crescimento do cabelo da criança. Se não houver causa médica para o crescimento lento, a espera é a melhor opção. Dê tempo para o cabelo crescer e, se você não vir progresso em dois anos, consulte o seu pediatra.

Considerações

Evite o uso de produtos para "crescimento de cabelo", incluindo naturais e óleos essenciais à base de plantas. Esses produtos podem ser irritantes para a pele delicada do bebê.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível