Cabos RG6 vs. RG59

Escrito por andy joseph | Traduzido por luiz afonso de oliveira moura santos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Cabos RG6 vs. RG59
Exemplo de cabo coaxial

Como os cabos coaxiais (cabos elétricos usados para transmitir sinais de frequência para rádios, TVs e redes de computadores), os RV6 e RG59 diferem quanto a sua manufatura, uso e capacidades.

Outras pessoas estão lendo

RG6: As vantagens

O RG6 é mais grosso que o RG59, possuindo um condutor central mais largo (que transmite sinais de cabo/satélite e voltagem) e um escudo duplo ou quádruplo para anular as frequências de rádio que interferem com os sinais que o cabo transmite. O RG6 também possui um isolador dielétrico mais largo, o que reduz a capacidade do cabo de conduzir eletricidade. Além disso, pode operar com uma frequência alta como 1,5 Gigahertz (GHz). Daí, como é mais grosso, o RG6 possui uma qualidade de sinal melhor que o RG59 e é perfeito para TVs a cabo, satélites e outras aplicações com cabo. Além disso, podem ser feitos maiores comprimentos dele sem preocupações com perda do sinal.

RG6: As desvantagens

Entretanto, a maneira com o a qual o RG6 é fabricado não permite que ele seja utilizado para outras aplicações, tais como projetores e componentes de vídeo e TVs de plasma. Seu escudo, geralmente feito de folhas ou tranças de alumínio , o dá um alcance de operação maior que 50 Megahertz (MHz) e, consequentemente, o torna incompatível com aplicações que operam em frequências abaixo disso.

RG59: As vantagens

É aqui é onde o RG59 possui um bom uso. Por exemplo, para TVs de alta definição (HD) que só requerem frequências em torno de 37 MHz (ou quaisquer outras aplicações que requerem frequências menores que 50 MHz), o cabo RG59 é o ideal.

RG59: As desvantagens

Assim como o RG6, a espessura do RG59 o atrapalha em outras aplicações. Como possui um condutor central menor, um isolador dielétrico e o escudo externo, a qualidade do sinal não é tão boa quanto aquela vinda do RG6 (mesmo se ainda oferecer uma performance aceitável para TV a cabo). Além disso, o RG6 não tem um escudo em folhas, o tornando inútil para instalações de satélite ou cabo e o impede completamente de alcançar as frequências de sinais que o RG6 é capaz.

Futuro

O RG6 é perfeito para TV a cabo e satélite e, em menor grau, pode ser usado para frequências de vídeo nas quais o RG59 é limitado. Com a adição de novos canais na TV a cabo pelas companhias e pelo avanços constantes nos sistemas de comunicação, a demanda por cabos mais eficientes, como o RG6, irá aumentar sobre o RG59.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível