Mais
×

Por que meu cachorro come papel higiênico?

Atualizado em 19 julho, 2017

A condição médica na qual os seres humanos ou os animais ingerem objetos não-alimentícios, como terra, grama, papel higiênico, pedra ou até mesmo fezes, é chamada de "pica". A maioria dos cães perde esse hábito aos dois anos de idade.

Alguns cães comem papel higiênico até os dois anos (csakisti/iStock/Getty Images)

Causas médicas

Às vezes, os cães adultos ingerem papel por causa de condições médicas graves, incluindo desnutrição, carência de vitaminas, estresse, diabetes e câncer gastrointestinal.

Um cão doente pode ingerir papel (stray dog image by Cherry-Merry from Fotolia.com)

Causas psicológicas

Existem razões psicológicas menos alarmantes para explicar o hábito de comer papel: o tédio, que faz com que os cães usem suas bocas para investigar objetos inadequados; uma recusa a cessar de se comportar como um filhote, uma fase na qual morder objetos é uma prática comum; ou uma tentativa de chamar a atenção de seus donos. Afinal, para um cão, atenção negativa é melhor do que atenção nenhuma.

Um cão brincando (puppy chews bone image by Susan Rae Tannenbaum from Fotolia.com)

Riscos sérios

Os veterinários alertam sobre os possíveis danos aos órgãos gastrointestinais causados pela ingestão de papel, cujos sintomas resultantes são vômitos, diarreia e letargia prolongada.

A letargia pode ser causada por danos gastrintestinais (bored puppy image by Igor Shootov from Fotolia.com)

Prevenção e tratamento

Os especialistas sugerem diversas abordagens para solucionar o problema: exercitar o cão com pelo menos dois passeios por dia para induzir uma fadiga saudável; substituir o papel por um brinquedo de mastigar ou um osso grande demais para ser engolido ou fragmentado; proporcionar ao animal uma tarefa alternativa para realizar quando ele se aproxima do papel; e utilizar uma focinheira.

Exercício: um cão cansado não come papel higiênico (playing with dogs in beach image by JoLin from Fotolia.com)

Diagnóstico

Se o hábito persistir, consulte um veterinário para determinar se as causas são médicas ou psicológicas e quais estratégias podem ser usadas, a fim de desencorajar esse comportamento.

O veterinário sabe o que é melhor (Doctor image by Monika 3 Steps Ahead from Fotolia.com)
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article