Cachorros que carregam cantis no pescoço

Escrito por cindi pearce | Traduzido por marina pastore
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Cachorros que carregam cantis no pescoço
Os cachorros São Bernardo eram criados para serem cães de resgate (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Pode ser simplesmente um mito, mas é um bom mito. Todos nós já vimos fotos de cachorros São Bernardo, uma raça de cães enormes, com um cantil pendurado no pescoço. Este cachorro era criado para funções de resgate e era valioso para salvar aqueles que ficavam perdidos nas montanhas alpinas. Se os cachorros realmente usavam cantis em torno do pescoço quando estavam em missões de resgate nas montanhas pode não ser verdade.

Outras pessoas estão lendo

Um mito

Os cachorros São Bernardo são muitas vezes retratados com um cantil amarrado em torno do pescoço. O cantil supostamente continha conhaque. Porém, os monges no St. Bernard Hospice, onde os cachorros eram originalmente treinados, negam que isto já tenha acontecido. A ideia pode ser atribuída a uma pintura muito antiga que retratava o cão desta maneira. Esta raça é lendária por suas habilidades de resgate, o que pode ser outro motivo para a invenção da história do cantil.

Características

O São Bernardo tem o olfato muito apurado, o que permite que ele encontre pessoas enterradas em neve profunda. Esta raça também é muito esperta. Este cachorro mantém devoção e lealdade completas a seus donos e os defendem contra ameaças. Um São Bernardo tem aparência formidável, mas não é um cão violento, embora se saiba que ele morde.

Uma raça mista

O São Bernardo é um cão de raça mista. Os monges que o criavam originalmente cruzaram Pastores-dos-pirineus com o Terra Nova por necessidade. Uma avalanche destruiu o seu canil e todos os seus cães. Em certo ponto, acredita-se que um Cão de Santo Humberto tenha entrado na mistura, assim como o Mastiff. Esta mistura resultou em uma ótima raça de cachorro, sendo um bom companheiro para humanos e um excelente cão de guarda.

No trabalho

O São Bernardo original tinha pelos curtos, pois descobriu-se que a versão de pelos longos acumulava neve e gelo, o que criava problemas para o cachorro quando ele estava em uma missão de resgate nas montanhas. Durante uma missão, os cães trabalhavam em grupos e, quando encontravam alguém perdido nas montanhas, deitavam-se ao lado da pessoa, lambendo-a e mantendo-a aquecida até que a ajuda chegasse.

Audição extraordinária

Diz-se que o São Bernardo pode prever avalanches e tempestades que se aproximam, o que pode ser devido a sua capacidade de ouvir sons de frequência extremamente baixa que as pessoas não conseguem escutar.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível