Por que alguns cachorros ficam ofegantes o tempo todo?

Escrito por carol strider | Traduzido por maria cristina marques
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Por que alguns cachorros ficam ofegantes o tempo todo?
A língua de um cão dispõe de uma área considerável para perda de calor (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

Cães costumam arfar com frequência, pois é o modo que eles têm para se resfriar. Eles ofegam quando o clima está quente ou após fazer exercícios. Ofegar é também um sinal do aumento da respiração, que acontece quando os cães ficam animados. Nessas circunstâncias, isso é completamente normal. Entretanto, se o seu cão estiver ofegando muito, além dessas circunstâncias, pode ser um sinal preocupante.

Outras pessoas estão lendo

Respiração

A respiração primária dos cães se dá pelo nariz. Às vezes, quando a temperatura está alta ou se o cão se exercitou recentemente, precisará de mais ar e, dessa forma, começará a respirar pela boca ou ofegar. Isso permite que mais ar circule, oxigenando o sangue. Arfar também permite a perda de calor, através da evaporação, o que ajudará o cão a esfriar sua temperatura corporal.

Ofegação em excesso

A ofegação pode ser uma preocupação, se for excessiva ou não aparente estar relacionada às circunstâncias mencionadas. Se, por exemplo, a temperatura não for alta e o seu cão não estiver se exercitando, a ofegação repentina e em excesso deve ser investigada mais a fundo. Se o seu cão estiver excitado, ansioso ou nervoso, esse estado de espírito pode ser a explicação. Do mesmo modo que, se houver uma cadela grávida perto de dar à luz, a ofegação indica que ela entrou em trabalho de parto.

Razões médicas para a ofegação excessiva

Algumas doenças e medicamentos fazem os cães ofegarem. Cães que estão prestes a vomitar também costumam arfar bastante. Às vezes, cães vomitam porque comeram ou beberam muito e rápido demais ou ofegam e vomitam por questões médicas. Um início súbito de ofegação excessiva que não está relacionado à temperatura, ao exercício ou ao humor e que não desaparece após dez minutos pode ser um indicativo de insolação ou envenenamento. Se houver qualquer motivo para suspeitar de uma razão médica para a respiração ofegante, a boca e a língua do cão devem ser inspecionados, para verificar se estão se tornando azuladas; caso isso aconteça, o cão deve ser levado imediatamente ao veterinário.

Ofegação específica da raça

Cães braquicefálicos, como boston terriers, bulldogs e pugs, têm a mandíbula superior compactada ou os focinhos curtos. Esses cães ofegam mais porque seus palatos mole são empurrados mais para trás na cabeça, o que causa a constrição da faringe e torna a respiração mais difícil.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível