Mais
×

Cachorros: as melhores raças para alérgicos e asmáticos

Atualizado em 21 novembro, 2016

Ser alérgico a cachorro não significa, necessariamente, que você não possa ter um. Os cães sofrem queda de pelo, assim como os humanos, que também perdem fios de cabelo com o tempo. Entretanto, algumas raças têm menos queda que outras, exercendo um efeito menor em pessoas alérgicas e com asma. Se você possui esses problemas de saúde, antes de adotar ou comprar, passe um tempo com cachorros de uma determinada raça. Dessa forma, você se certificará de que o animal não agravará sua condição.

Algumas raças têm menos queda de pelo que outras e, portanto, menos efeito em asmáticos (George Doyle/Stockbyte/Getty Images)

Poodle

Os poodles estão, normalmente, no topo da lista de cachorros que não necessariamente afetam as pessoas alérgicas e asmáticas. Essa raça possui um pelo enrolado de médio comprimento que pode ser tosado ainda menor. Eles vêm em três tamanhos: o toy, o mini e o padrão. Dessa forma, existe um poodle do tamanho correto para você. Esses cachorros são conhecidos por serem espertos, amigáveis, leais e bons em atividades de agilidade. Os poodles, frequentemente, são cruzados com outras raças, dando origens a misturas. Por exemplo, poodles cruzados com labradores dão origem aos labradoodles. Os criadores fazem isso na esperança de que os filhotes resultantes tenham o aspecto hipoalergênico e outras características provindas do poodle. Não há garantia, contudo, de que os atributos do filhote sejam herdados.

Poodles (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Puli

Não deixe que a aparência dos pulis o engane: esses cachorros não deixarão rastros de pelo na sua mobília. Eles possuem uma pelagem única que se assemelha aos dreadlocks. Os fios dos pelos são resistentes à água, mas requerem cuidados e manutenção para continuarem com uma boa aparência. Pulik, que é a forma plural de puli, são cães de pastoreio que precisam de muito exercício. São animais leais, mas podem ser cabeça dura, por isso, tenha pulso firme na hora do adestramento.

Puli (Dana Neely/Photodisc/Getty Images)

Norfolk Terrier

Os norfolk terriers são cachorros de pequeno porte com pelos curtos e rígidos. Eles são uma boa opção para alérgicos ou asmáticos devido à pouca produção de pelo e, consequentemente, uma menor quantidade de queda. Essa raça tem uma ótima personalidade e lida muito bem com crianças. Eles podem ser mais reservados com estranhos, mas são, em geral, sociáveis, amigáveis e brincalhões.

Norfolk terrier (Digital Vision./Photodisc/Getty Images)

Yorkshire Terrier

Esses cachorros pequenos, normalmente, não pesam mais do que 3kg. Eles têm um pelo comprido, similar ao cabelo humano. Por conta disso, essa raça requer mais banhos e cuidados do que as outras opções descritas acima. Alguns proprietários optam pela tosa, minimizando a manutenção. Os yorkies são muito inteligentes e brincalhões. É normal levar um tempo para que se acostumem com estranhos.

Yorkshire terrier (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Kerry Blue Terrier

Essa raça, originária da Irlanda, nasce com uma pelagem preta, mas que se descolore com o tempo, mudando para um cinza azulado. Esses cães têm um pelo curto, rígido e enrolado, que não cai. Além disso, eles necessitam de tosas regulares ou seus pelos ficarão muito compridos. Os Kerry são extremamente inteligentes e ótimos em esportes, além de amarem estar com suas famílias. Eles precisam de um adestramento e socialização logo na fase inicial, uma vez que podem ser agressivos, particularmente com outros cães. Essa raça é melhor para proprietários já experientes.

Kerry Blue Terrier (Apple Tree House/Lifesize/Getty Images)
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article