×
Loading ...

Cães: câncer de esôfago

Atualizado em 21 novembro, 2016

O esôfago se estende da faringe, na cavidade oral, fixando-se no estômago. Esse órgão em formato de tubo é usado para transportar alimentos e líquidos ao estômago para a digestão. O câncer de esôfago é extremamente raro e contabiliza menos de 0,5% de todos os cânceres em cães e gatos.

O câncer de esôfago canino pode ser um diagnóstico devastador para qualquer dono de cachorro (Image by Flickr.com, courtesy of Randy)

Tipos

Os tipos de cânceres que afetam o esôfago incluem o fibrossarcoma, o sarcoma e o carcinoma de células escamosas.

Loading...

Sintomas

Dentre os sinais podemos observar: a perda de peso, dor na hora de engolir e dificuldade para comer. Vômitos e uma debilitação geral podem ocorrer também.

Diagnóstico

O diagnóstico envolve: radiografias, biópsias dos tecidos, um esofagograma com contraste positivo (que avalia a deglutição) e uma esofagoscopia (que testa as anormalidades visuais no órgão em questão).

Tratamento

O câncer de esôfago canino é difícil de tratar. A remoção cirúrgica com a substituição dos tubos de alimentação, quimioterapia e radioterapia podem ser benéficos em alguns casos, conforme determinação do veterinário oncologista.

Prognóstico

Devido a fatos como o alto índice de metástase (o ato do câncer se espalhar) e a localização do esôfago, os cães que desenvolvem esse tipo de doença, normalmente, têm um prognóstico bem ruim.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...