Cães com caroço no dorso causados por alergia a pulgas

Escrito por kimberly sharpe Google | Traduzido por marcos vinicios de araújo barros
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Cães com caroço no dorso causados por alergia a pulgas
Alguns cães não desenvolvem alergia a pulgas até a idade de 3 a 5 anos (Photos.com/PhotoObjects.net/Getty Images)

Os cães que sofrem de alergia a pulgas apresentam pápulas (caroços) duras no dorso e na base da cauda. O proprietário do animal pode notar manchas de defecação de pulgas perto das protuberâncias ou vê-las ainda vivas no pelo do animal. Alguns cães meticulosamente se limpam e removem todos resíduos deixados pelas pulgas, mas os sintomas alérgicos permanecem.

Outras pessoas estão lendo

Sintomas

Um cão que sofre de alergia a pulgas muitas vezes apresenta os sintomas mais graves durante o verão, quando as pulgas mais se proliferam. Um cão com hipersensibilidade irá desenvolver caroços duros mesmo que tenha sido só uma picada. O animal vai se coçar excessivamente e se lamber, causando o surgimento de caroços e podem até ocorrer quedas de pelo no local ferido. O local irritado geralmente causa dor e desconforto ao cão. Se não receber tratamento para eliminar as pulgas, os caroços podem começar a se estender pelo tronco do cão e para baixo de suas pernas. A pele irritada pode engrossar e podem ocorrer infecções posteriormente. Uma alta infestação de pulgas, muitas vezes, faz com que o cão desenvolva anemia.

Reação alérgica

A alergia a pulgas ocorre em cães com sensibilidade. No momento em que a pulga pica o cão para se alimentar de sangue, a saliva dela é injetada dentro da pele. O sistema imunológico do cão provoca coceira intensa na pele, pápulas e inflamação que ocorre após sofrer a picada de pulgas. Examine o cão de perto se ele começar a mostrar sinais de alergia. Use um pente para tirar as pulgas ou a sujeira delas do pelo do cão. Leve o cão a um veterinário para fazer um diagnóstico da alergia.

Tratamento

O veterinário pode prescrever corticosteróides para ajudar a controlar os inchaços e a coceira. Essa substância só trata os sintomas, não cura a infestação de pulgas. O veterinário também irá tratar quaisquer infecções secundárias bacterianas da pele que podem ocorrer. Alguns cães que por acidente engolem pulgas adultas durante o banho também podem ter uma infestação de tênia. É possível que o veterinário faça exames para determinar se o cão tem outros parasitas e também executar um teste de alergia para determinar se os sintomas vêm de uma reação alérgica à saliva da pulga.

Eliminação das pulgas

Os inseticidas de ação residual controlam pulgas adultas, ovos e larvas. Os reguladores de crescimento de insetos de uso tópico ajudam a interromper seu ciclo de vida. Os sprays de permetrina piriproxifem oferecem controle de pulgas a curto prazo. Também é importante fazer a higienização e limpeza do local onde o animal geralmente fica. Você também pode lavar as roupa da cama do cão e todos os brinquedos de tecido em água quente com sabão. Passe o aspirador de pó sob os móveis e estofados; isso ajudará a remover as pulgas adultas, ovos e larvas da casa. Descarte a sujeira do aspirador de pó em um saco selado para evitar a reinfestação dos locais de ocorrência. Os produtos de controle de pulgas em ambientes eliminam as pulgas do interior da casa e do quintal.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível