O que os cães devem comer no primeiro mês de vida?

Escrito por petra sando | Traduzido por vanessa arnaud
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que os cães devem comer no primeiro mês de vida?
Uma nova ninhada de cãezinhos demanda cuidados especiais no primeiro mês de vida (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

Um cão recém-nascido necessita de alimentos harmonizados para o fornecimento adequado de nutrientes durante os primeiros seis meses de vida. Esse é o período mais significativo na vida do animal para o crescimento e desenvolvimento. No primeiro mês após o nascimento, é necessário substituir o aleitamento materno por alimentos sólidos. Essa fase de transição merece um pouco de atenção extra do dono do animal.

Outras pessoas estão lendo

Uma a duas semanas: leite materno

Cães recém-nascidos normalmente tomam o leite materno e dormem em intervalos de duas horas. A quantidade de leite é adequada se os filhotes estiverem calmos e dormirem bem. Se estiverem agitados e chorarem muito, devem estar com fome. Você pode ajudar os filhotes que parecem não estar recebendo nutrição o suficiente posicionando-os próximo aos mamilos da parte posterior do corpo da mãe, onde normalmente se fornece maior quantidade de leite. Um suplemento pode ser adicionado se preciso. As temperaturas do leite de cabre e de ovelha se aproximam do leite da cadela e podem ser administrados por uma mamadeira. A frequência da amamentação cai para aproximadamente oito vezes por dia na segunda semana.

O que os cães devem comer no primeiro mês de vida?
Filhotes recém-nascidos mamam até 12 vezes por dia (Comstock/Comstock/Getty Images)

Suprimento inadequado de leite

Durante as 12 primeiras horas, a mãe dará aos filhotes anticorpos para protegê-los de doenças futuras. O corpo pode não aceitar esses anticorpos depois desse período. Apenas após esse tempo você deve começar a suplementar o leite materno se a quantidade não for suficiente. As próximas 24 horas são um período crítico na vida do animal. Se utilizar um suplemento, dê ao cão até seis vezes por dia além do leite que está consumindo da mãe. Substitutos comerciais do leite materno normalmente possuem todas as qualidades nutricionais necessárias.

Duas a três semanas: o desmame e a substituição do leite

Você pode começar a acrescentar suplementos ao aleitamento materno quando o cão já tiver duas semanas de vida, ou antes, no caso de uma ninhada maior. Comece com mamadeiras até que os filhotes abram os olhos. Assim que puderem ver, podem aprender a beber em uma vasilha. Cuidadosamente posicione seu focinho dentro do suplemento e ele rapidamente aprenderá a pegar a comida. Quebre grãos de ração, adicione cereal de arroz e água para fazer uma papa. Reduza a quantidade de água conforme os filhotes se acostumarem com as alterações na dieta. Aumente a frequência das refeições de papa substituindo o leite, alimentando os animais quatro vezes por dia conforme a frequência de amamentação diminuir.

3 a 4 semanas: introduzindo alimentos sólidos

A ração canina para filhotes pode ser introduzida cerca de três semanas após o nascimento. A princípio, deve ser servida após ter sido mergulhada em água ou leite. Reduza o umedecimento conforme o filhote for crescendo. Quando passar de quatro a seis semanas de vida, ele deve aceitar a ração seca.

Alguns criadores recomendam administrar pequenas quantidades de carne crua, macia e picada, logo na segunda semana de vida. Você deve dar carne ao filhote de três a quatro vezes por dia, juntamente com a papa, após o consumo de leite. Os filhotes começarão a beber água nesse mesmo intervalo de tempo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível