Cães: porque meu pit bull tem calombos na cabeça?

Escrito por daniel scott | Traduzido por mayra chibante
Cães: porque meu pit bull tem calombos na cabeça?
Os pit bulls terriers azuis têm uma grande tendência aos problemas de pele (Thinkstock Images/Comstock/Getty Images)

Os pit bulls e outros cães com pelos curtos podem ter galos que apareçam em suas cabeças de tempos em tempos. Eles podem ficar na parte superior da pele, assemelhando-se a espinhas, bem como podem estar dentro dos folículos de pelo ou embaixo da pele. Algumas saliências podem se formar logo abaixo da pele e outras nos ossos e em outros tecidos. A solução de problemas dermatológicos em pit bulls pode ser uma tarefa desafiadora, além de requerer uma ajuda profissional.

Superfície da pele

Os calombos na superfície da pele podem ser causados por mordidas de insetos. Mosquitos, vespas, abelhas, pulgas, carrapatos, ácaros e outros deixam esquimoses na superfície dermatológica. Já que essas protuberâncias são cobertas pela camada de pelos, talvez a vermelhidão não seja visível, mas você sentirá a saliência. Essas desse tipo devem sarar rapidamente. Se o seu cachorro é alérgico a qualquer um desses insetos, contudo, novos calombos em formação serão notados, quase tão rápido quanto os outros se curam. Além disso, você ainda observará uma coceira excessiva. Alergias alimentares podem também fazer com que a superfície da pele tenha calombos e coce. Talvez seja necessária uma mudança de dieta, eliminando alérgenos comuns e determinando qual deles provocam as reações no animal. A falta de nutrientes específicos também acarretam problemas de pele, apresentando-se como calombos. Óleo de castor ou de peixe têm utilidade, assim como o de oliva. Acrescente, lentamente, os óleos, evitando um desconforto gástrico. Se o seu pit bull esteve lutando ou brincando com outro cachorros, as saliências na sua cabeça podem ser devido ao contato físico ou a mordidas de brincadeira.

Calombos mais profundos

Os galos que parecem ser mais profundos na pele podem ter uma variedade de causas. Alguns são motivados por abscessos ou infecções de pele. Eles deverão ser tratados por um veterinário, que removerá o pus da área infectada e tratará o animal com antibióticos. Cistos originados através do entupimento das glândulas sebáceas também aparecem como calombos na cabeça. Podem ser cistos foliculares ou granulomas. Eles são similares às saliências causadas por larvas de mosca ou outros parasitas. Essas formas de cistos e calombos de pele não devem ser espremidos, já que a causa de severas reações dermatológicas é possível. Apontar a real causa dos calombos só de olhar para eles é quase que impossível, por isso, leve seu cachorro ao veterinário, determinando a causa e o tratamento.

Calombo ósseo

Se o seu pit bull possui uma saliência óssea no centro da sua cabeça e também na parte de trás, deve ser simplesmente o osso occipital, esse que faz parte da estrutura óssea dessa área. A não ser que esteja muito maior, não há razões para se preocupar. O osso occipital é mais proeminente em alguns pit bulls do que em outros. Um que seja grande não é desejável para um cachorro de exposição. Se esse osso é muito maior e saliente, contudo, talvez seja melhor que o veterinário cheque, de forma a constatar que uma doença óssea não esteja presente.

Procure ajuda

Se o seu pit bull possui galos que estejam drenando, sangrando ou crescendo, ou que não somem em poucos dias, procure por ajuda médica. Alguns podem ser sinais de uma doença mais séria, tendo um resultado melhor se o veterinário intervir antes. Esperar por uma consulta pode fazer com que essas condições se transformem em questões de vida e morte.