Cães: prevenindo vermes no coração

Escrito por bethney foster | Traduzido por mayra chibante
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Cães: prevenindo vermes no coração
Saiba como lidar com os vermes presentes no coração do seu cachorro (Jupiterimages/Polka Dot/Getty Images)

Pelo menos uma vez a cada ano, todo cachorro precisa ser medicado contra os vermes do coração. Eles são causados por mordidas de mosquitos já infectados. Tais organismos vivem no ventrículo direito do coração de um cão e se tornam vermes adultos, atingindo quase o tamanho de um pedaço de espaguete. Se não forem tratados, eles crescerão e se reproduzirão até bloquearem o fluxo de sangue do coração do animal, levando-o à morte por falência coronária. Felizmente, uma pílula mensal ou uma solução tópica podem ser administradas aos cães, de forma a prevenir essa condição: a dirofilariose.

Outras pessoas estão lendo

Exames

O cão deverá ser testado para dirofilariose após completar os seis meses de idade e caso ainda não esteja protegido contra a doença. Se o resultado do exame for positivo, o animal deve ser tratado antes de começar a prevenção. Se der negativo, o veterinário prescreverá um tratamento mensal de prevenção. Alguns veterinários recomendam exames anuais ou periódicos, mesmo que o cão esteja sob tratamento preventivo. Isso garante que qualquer possibilidade da doença seja identificada, caso algum sinal não tenha sido detectado durante a prevenção mensal ou caso o animal não tenha engolido o medicamento.

Frequência

Embora alguns veterinários afirmem que a prevenção contra os vermes do coração deva ocorrer anualmente, independente de sua localização, outros defendem que não há problema em interromper o tratamento durante os meses mais frios. Estes normalmente recomendam que os medicamentos de prevenção sejam administrados aos cães pelo menos um mês antes da temporada de mosquitos começar e um mês após o término.

Ivermectina

A ivermectina é um ingrediente presente nos medicamentos preventivos orais, como: Ivermec, Plurimec, Levercitin ou Revectina. Mais do que prevenir contra os vermes do coração, a ivermectina age como um vermifugador mensal para vermes intestinais caninos. Coloque o remédio em um pouco de queijo ou manteiga de amendoim, de forma que o cão o ingira como se fosse uma guloseima. Algumas raças possuem sensibilidade ao medicamento e podem precisar de uma outra opção.

Milbemicina oxima

Milbemax é um remédio preventivo contra os vermes do coração que contém a milbemicina oxima. Deve ser administrado em cachorros como uma pílula mensal. O produto ainda funciona como um vermifugador mensal contra tênias, lombrigas e vermes que se alojam no intestino.

Soluções tópicas

O Frontline é uma solução tópica, aplicada nas costas do animal, entre as omoplatas. Esse medicamento proporciona um controle de pulgas e carrapatos. O ingrediente ativo é a moxidectina.

Exposição

Certifique-se de que você fez de tudo para diminuir a exposição do seu cão aos mosquitos, mesmo que seu animal esteja sob o tratamento de prevenção. Se houver uma infestação em seu bairro, deixe seu cão dentro de casa ao anoitecer, quando os insetos tendem a sair de seus esconderijos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível