Como fazer uma caixa de isopor para vermicompostagem

Escrito por rogue parrish | Traduzido por gleice attié
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como fazer uma caixa de isopor para vermicompostagem
Crie minhocas em caixas usadas ou de isopor (Jupiterimages/liquidlibrary/Getty Images)

Criar caixas de minhocas para compostagem aflora a criatividade. Você também pode dar uma nova utilidade a materiais, improvisando uma caixa rasa, para abrigar tipos específicos de minhocas. Ao transformar placas de isolamento de isopor ou uma caixa de isopor descartada em um recipiente para minhocas, você gerencia um bem-sucedido jogo ecológico. O poliestireno indestrutível fica fora do fluxo de resíduos e, uma vez preenchido com uma camada de terra e restos de cozinha, ajuda a criar húmus ou vermicomposto.

Outras pessoas estão lendo

Painéis de isopor

Projete uma caixa de vermicompostagem, usando painéis de isopor como as laterais e a tampa. Conhecidas como placas azuis, são placas de 1 m por 2 m de poliestireno extrudido, usadas em isolamentos.

Use cola branca ou uma cola projetada especialmente para aderir os painéis, para criar uma estrutura de 30 cm de profundidade. O comprimento e a largura podem ser de 30 x 60 cm ou 60 x 90 cm, ou qualquer outra dimensão que se encaixe no espaço que desejar, como debaixo de uma escada para o porão. Veja os modelos clássicos de caixas de compostagem nos sites seattle.gov, bobalbert.info ou stopwaste.org para saber como criar uma caixa simples.

Use madeira de 1 cm de espessura no fundo, para suportar o peso do composto e as placas azuis para as laterais e a tampa. Não use dobradiças da tampa, apenas encaixe o painel de isopor no lugar.

Coolers e isopores

Coolers e caixas de isopor utilizados para transportar peixes diferem estruturalmente do isopor, utilizam o poliestireno expandido, ao invés do extrudido, embora a maioria das pessoas se refira a eles como isopor, apenas. Ambos são um modo de partida simples para criar caixas de compostagem. Use um lápis ou uma furadeira, para fazer furos 6 mm na caixa. Deixe cerca de 15 cm de distância entre eles nas laterais e no fundo em um total de até cinco dúzias em um padrão de grade. Seu objetivo é equilibrar a necessidade de ar das minhocas, o que exige alguns furos de ventilação e sua necessidade de escuridão.

Coloque a caixa sobre uma sacola ou um material similar, elevado-a em 2 a 4 blocos de madeira ou pedaços de isopor, para permitir que o excesso de umidade escorra e seja recolhido. Algumas pessoas preferem manter o fundo intacto. Se fizer isso, use um garfo de jardim para levantar a camada de terra e inspecionar a parte inferior, à procura de chorume criado pelos restos de cozinha úmidos. Adicione material seco ao fundo, se parecer estar muito molhado.

Considerações

Caixas de compostagem de isopor não sobrevivem a um encontro com ratos, toupeiras ou esquilos se deixadas do lado de fora. Esses predadores roerão o isopor e comerão as minhocas. Portanto, use-as apenas dentro de casa. Tente posicionar sua vermicompostagem caseira de forma que não tenha que movê-la. Isopores são mais frágeis e quebradiços do que caixas de madeira ou de plástico e devem ser mantidos em um só local.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível