Caixas de gordura: o que fazer e o que não fazer

Escrito por mary pletcher | Traduzido por eliel soares
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Caixas de gordura: o que fazer e o que não fazer
Caixas de gordura evitam que o óleo de fritadeiras seja despejado na rede de esgoto (Oli Scarff/Getty Images News/Getty Images)

A maioria das prefeituras exigem que cozinhas comerciais usem caixas de gordura para coletar e separar óleos e gorduras da água de restaurantes. Estas têm um papel importante de evitar que os materiais oleosos escoem para a rede de esgoto. A manutenção regular é vital para o bom funcionamento delas.

Outras pessoas estão lendo

Utilize uma caixa de tamanho adequado

Há vários tamanhos disponíveis e sua medida é feita pela vazão de material do estabelecimento. Você deve medir também a caixa de passagem à que a caixa de gordura será ligada para selecionar uma de tamanho apropriado. Se sua caixa de gordura ou interceptor for de um tamanho menor, você não precisará contratar uma empresa especializada para limpeza, o que não é possível para instalações maiores.

Não despeje água quente em uma caixa coletora de gordura

A água quente ou morna pode fazer com que as gorduras passem pela grade do coletor e escoem para as redes. Jamais conecte máquinas lava-louças em uma caixa de gordura. Evite utilizar detergentes, ácidos ou outros produtos de limpeza quando fizer a limpeza da caixa, pois o sabão pode desprender as gorduras e fazê-las fluírem para o sistema de tratamento de água.

Limpe sua caixa de gordura regularmente

Sua caixa de gordura precisa ser limpa regularmente. Retire o material acumulado uma vez por semana e limpe toda a caixa mensalmente, no mínimo. Esse processo de limpeza deve ser feito com maior frequência, caso perceba acúmulo excessivo no coletor da caixa, ou caso haja especificações da prefeitura que determinem frequência maior para a limpeza da caixa. Siga as instruções do fabricante do dispositivo quanto à limpeza e considere a contratação de uma empresa de reciclagem ou limpeza para fazer a manutenção de sua caixa de gordura.

Não descarte seus registros de limpeza

Cada vez que um funcionário limpar sua caixa de gordura, ele deve registrar a data, a hora, a quantidade de gordura removida e o método e local de disposição do material retirado. Esse registro deve ser assinado por um supervisor, que servirá como testemunha, de mesmo modo, quaisquer observações sobre as condições da caixa de gordura e suas partes devem ser registradas. Os agentes de fiscalização podem solicitar a apresentação desses registros para fins de inspeção. Por isso, não descarte os registros de manutenção, salvo quando houver dispensa definitiva de tais documentos por parte do órgão de fiscalização sanitária com jurisdição sobre sua localidade.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível