Como calcular a despesa financeira líquida

Escrito por timothy banas | Traduzido por tradutor em demand media studios
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como calcular a despesa financeira líquida
Só depois de ter suas despesas discriminadas, é possível analisar onde seu dinheiro está sendo gasto e começar a equilibrar o seu orçamento (NA/AbleStock.com/Getty Images)

Viver dentro de um orçamento significa equilibrar a quantidade de dinheiro gasto de acordo com o dinheiro recebido. Antes que você possa equilibrar o seu orçamento, é necessário conhecer quais são as suas despesas financeiras líquidas. Seu gasto pode ser dividido em três categorias básicas: despesas fixas, despesas variáveis ​​e despesas discricionárias. Você precisará contabilizar itens caros e um fundo de emergência também. Só depois de ter suas despesas discriminadas, é possível analisar onde seu dinheiro está sendo gasto e começar a equilibrar o seu orçamento.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Instruções

  1. 1

    Faça uma lista de suas despesas fixas mensais. Essas são as contas que você paga todo mês e permanecem as mesmas, como uma hipoteca ou a prestação do carro. Não esqueça as contas como o seguro do automóvel que são normalmente pagas a cada seis meses; nesse caso, considere 1/6 como a sua despesa mensal.

  2. 2

    Calcule suas despesas variáveis ​​mensais. Essas incluem os gastos em supermercado, aquecimento, eletricidade e contas telefônicas; você as paga a cada mês, mas os valores podem variar. Verifique os recibos e as faturas passadas para estimar o pagamento médio mensal para cada um desses itens.

  3. 3

    Estime seus gastos mensais. Quanto você está gastando para se divertir? Você vai ao cinema, ao bar ou ao casino todo fim de semana? Essas despesas de lazer podem somar valores rapidamente e pode ser difícil estimá-las. Como no caso das contas de variáveis, uma boa estratégia é verificar os recibos passados ​​e estimar seu gasto médio nessa categoria.

  4. 4

    Contabilize o dinheiro que você está colocando no seu fundo de emergência. Esse é o dinheiro que você manterá a mão no caso de algo inesperado e caro vir à tona. Você deve fazer contribuições mensais para o seu fundo de emergência.

  5. 5

    Considere quaisquer grandes compras em um futuro próximo. Você comprará um carro novo ou uma geladeira nova em breve? Certifique-se de incluir isso nos seus cálculos de despesas.

  6. 6

    Some o total dos pagamentos mensais das contas fixas, contas variáveis, despesas discricionárias e contribuições para o fundo de emergência para verificar suas despesas financeiras líquidas mensais. Multiplique esse número por 12 e adicione as suas próximas grandes compras para verificar suas despesas líquidas para o ano que vem. Nesse ponto, é possível observar os seus ganhos e iniciar o processo de equilíbrio do seu orçamento.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível