Como calcular o inventário médio

Escrito por alan kirk | Traduzido por fabiana silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como calcular o inventário médio
O inventário médio é usado pelos analistas como um indicador de desempenho de uma empresa (Polka Dot Images/Polka Dot/Getty Images)

É muito importante para uma empresa manter em suas declarações financeiras um cálculo atualizado do inventário. O inventário médio é usado em vários índices financeiros como, por exemplo, o custo de mercadorias vendidas. Os analistas usam esses indicadores como base para analisar o desempenho de uma empresa. Por essa razão, é essencial que os investidores tenham uma informação precisa do volume de inventário.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Escolha o método para calcular o inventário na folha de Balanço e na Declaração de Rendimentos. Há dois métodos que podem ser usados para esse fim. O primeiro é anotar o volume no início e ao final do ano. O outro é manter um registro mensal da quantidade do inventário até o final do ano.

  2. 2

    Calcule a média com base no inventário inicial e no final. Anote a quantidade no primeiro e no último dia do ano. Some esses dois valores e divida por dois. O resultado será o inventário médio anual. Este é o primeiro método que você pode usar, e funciona bem para empresas com pouca variação de inventário durante o ano.

  3. 3

    Some a quantidade de inventário no último dia de cada mês, se você estiver usando o método de quantidade mensal para calcular a média. Sua primeira medição será a primeira do ano, e depois em cada mês ela será realizada no último dia do mês. Essa é a primeira etapa de um segundo método, que é o mais ideal para as empresas cujo inventário varia significativamente mês a mês .

  4. 4

    Some os totais que você registrou na etapa 3. Divida esse valor por 13. O resultado desse cálculo será seu inventário médio.

Dicas & Advertências

  • Se seu inventário varia muito durante o ano, o método de registro mensal é o ideal para fornecer o resultado mais preciso. Se a quantidade variar pouco, o cálculo com base no inventário inicial e final do ano deve fornecer valores mais precisos.
  • É necessário dividir o total por 13, porque é realizada uma medição ao final de cada mês, além do seu inventário inicial, que foi a medição obtida no primeiro dia do ano.
  • Se alterar o método de cálculo do inventário médio de um ano para o outro, você deverá registrar isso na folha de Balanço ou nas outras Declarações Financeiras. Assim, os investidores saberão que a alteração pode ser baseada no método usado e também nas mudanças no volume do inventário.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível