Como calcular juros compostos contínuos

Escrito por carter mcbride | Traduzido por mariana silva gray
Como calcular juros compostos contínuos
Juros compostos contínuos são um tipo de cálculo de juros (Jupiterimages/Goodshoot/Getty Images)

Juros compostos contínuos são um processo que constantemente adiciona juros à quantia devida em um empréstimo ou à quantidade de dinheiro em uma conta. Os juros são baseados na teoria de que se outra pessoa usa e acessa seu dinheiro, então você deve receber algum tipo de benefício econômico por isso. Se não souber o tipo de juros que possui, consulte seu banco ou fornecedor do empréstimo antes de realizar o cálculo.

Instruções

  1. 1

    Multiplique a taxa de juros anual pelo número de anos que ganhará juros. Por exemplo, digamos que a taxa anual é de 5% ou 0,05 para sete anos. Então, 0,05 vezes sete é igual a 0,35.

  2. 2

    Eleve a constante de Euler à quantia calculada na Etapa 1. Elevar a uma potência é outra maneira de dizer que o número é um expoente. A constante de Euler é aproximadamente 2,71828. No exemplo, 2,71828 elevado à potência de 0,35 é igual a 1,419067215.

  3. 3

    Multiplique a quantidade da Etapa 2 pelo principal. No exemplo, digamos que o principal seja R$50.000, portanto R$50.000 vezes 1,419067215 é igual a R$70.953,37.

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível