Como calcular a margem EBITDA (LAJIRDA)

Escrito por daniel gruttadaro | Traduzido por guilherme maluf
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como calcular a margem EBITDA (LAJIRDA)
Margem EBITDA é uma medida de lucratividade da empresa (building image by peter Hires Images from Fotolia.com)

EBITDA é a sigla em inglês para lucro antes dos juros, imposto de renda, depreciação e amortização (LAJIRDA, em português), muito usada como métrica para medir o valor da empresa em uma compra alavancada e para medir o fluxo de caixa em algumas indústrias. A margem EBITDA é uma medida de lucratividade. Assim como a margem de lucro é calculada dividindo o lucro pela receita total, a margem EBITDA é uma medida que divide o EBITDA pela receita.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Todos os registros contábeis de uma empresa
  • Uma calculadora ou planilha

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Junte todas as informações contábeis da empresa cujo EBITDA você deseja calcular. Use as informações do período que deseje encontrar.

  2. 2

    Determine o total de receitas da empresa e acrescente os juros, impostos, depreciação e amortização. Eles costumam ser subtraídos da receita, mas aqui desejaremos tê-los no cálculo.

  3. 3

    Divida o EBITDA pelo total de receitas para determinar a margem EBITDA.

  4. 4

    Quando comparar uma margem EBITDA ou múltiplos, é interessante olhar para uma indústria específica. Alguns setores, como o varejo, têm uma grande quantidade de vendas com margens EBITDA relativamente pequenas, enquanto que as empresas de softwares podem tê-las mais altas. Esse é um resultado que mostra mais sobre a natureza da indústria do que um fator específico de determinado negócio.

Dicas & Advertências

  • Uma métrica similar é o EBIT, sigla em inglês para "lucro antes dos juros e imposto de renda" (LAJIR pode ser usado, em português). É similar ao EBITDA, com a única diferença de que a depreciação e amortização são deixadas na conta. Se uma empresa comprou muitos equipamentos com longa vida útil no passado, isso poderá fazê-la parecer menos rentável do que é por causa da depreciação. No entanto, não se aplica a todas as empresas, sendo o EBIT às vezes usado. Também é possível calcular a margem EBIT.
  • Múltiplos de EBITDA é outro método para avaliar empresas. Em determinada indústria, as empresas podem ter múltiplos de EBITDA parecidos. Um comprador em uma aquisição alavancada pode querer pagar um determinar múltiplo do EBITDA total. Por exemplo, uma empresa pode ter tido um EBITDA de R$ 2.400.000,00. Se o múltiplo de EBITDA do setor é 5, o comprador pode ter que pagar cerca de R$ 12.000.000,00 pela empresa.
  • Os "Princípios Contáveis Geralmente Aceitos" (GAAP, na sigla em inglês) não reconhecem o EBITDA como uma medida, o que significa que as empresas têm muitos critérios para calculá-lo e ele pode variar de um período para o outro. Analisado isoladamente, o EBITDA pode ser um número enganador, uma vez que não conta muitas despesas necessárias para gerir uma empresa.
  • Analisar lucro total, receitas ou margem de lucro separadamente também pode ser incompleto para avaliar uma empresa. Isso porque itens como juros e impostos se alteram se uma empresa for adquirida e sua estrutura de proprietários alterada. Ela pode estar altamente endividada, por exemplo, e fazendo dinheiro, mas isso não é visível nas receitas, porque o dinheiro que seria lucro serve para cobrir os juros das dívidas acumuladas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível