Conhecimento

Como calcular o pHA a partir do Pkb

Escrito por mara pesacreta | Traduzido por franciele gobi
Como calcular o pHA a partir do Pkb

Compostos orgânicos que possuem diferentes valores de pH

Jupiterimages/BananaStock/Getty Images

O pHA é o pH do ácido, sendo que a escala de pH pode variar de zero a 14. Porém, para certas soluções, esse valor pode ser maior ou menor. O pKb é o logaritmo negativo da constante de dissociação da base, ou Kb, enquanto o pKa é o logaritmo negativo da constante de ionização do ácido, ou Ka. É útil entender como calcular o pHA a partir do pKb, pois tal processo o ajudará a compreender melhor a relação entre esses valores e as equações que relacionam um com o outro.

Nível de dificuldade:
Moderado

O que você precisa?

  • Computador
  • Livro de química
  • Calculadora

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Determine o pKa da solução. A relação entre o pKa e o pKb é pKa + pKb = 14, ou pKw, o logaritmo negativo da constante de dissociação da água. Por exemplo, se o pKa do metanol é igual a -2,4, então pKa = 14 - pKb = 14 - (-2.4) = 16.4.

  2. 2

    Escreva a informação dada sobre a concentração da base conjugada e do ácido. Por exemplo, o problema pode dizer que você precisa encontrar o pH quando houver 0,2 M da base conjugada e 0,2 M de ácido.

  3. 3

    Coloque os valores na equação de Henderson-Hasselbalch, que é pH = pKa + log([base conjugada] / [ácido]). Logo, pH = 16.4 + log (2.0 / 2.0). Isso dá um valor de pH de 16,4.

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media