Como calcular a relação PaO2/FlO2

Escrito por contributing writer | Traduzido por andressa gonzalez
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como calcular a relação PaO2/FlO2
Calculando a relação PaO2/FlO2 (Jupiterimages/BananaStock/Getty Images)

A relação PaO2/FlO2 é um índice para caracterizar a Síndrome do Desconforto Respiratório Agudo (SDRA), que envolve hipoxemia grave (teor de oxigênio insuficiente no sangue). O PaO2 é a pressão parcial de oxigênio no sangue arterial e é geralmente medido em milímetros de mercúrio (mmHg ou Torr), através do teste chamado de análise de gás no sangue arterial (GSA). O PaO2 de 75 mmHg a 100 mmHg é considerado normal. O FIO2 é a fração de oxigênio inspirado ou, simplesmente, a percentagem de oxigênio em uma mistura gasosa. Por exemplo, ar atmosférico possui FIO2 de 21%. Se um paciente necessita de ventilação mecânica, o FIO2 está normalmente entre 30% e 40%.

Nível de dificuldade:
Fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Calculadora

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Obtenha um valor PaO2 em mmHg em registros ou em outros lugares. Exemplo PaO2 = 92 mmHg. Nota: a determinação do PaO2 requer uma amostra de sangue arterial e de instrumentos de laboratório especiais, como analisadores de gases no sangue ou espectrofluorímetros (veja em "Referências").

  2. 2

    Converta o valor FlO (%) para a forma decimal. FIO2 = FIO2 (%)/100%. Exemplo: FIO2 = 32%/100% = 0,32

  3. 3

    Calcule a relação PaO2/FlO2, com os números da primeira e segunda etapa como exemplo. PaO2/FIO2 = 92 mmHg/0,32 = 287,5 mmHg.

  4. 4

    Compare a relação PaO2/FlO2 com o critério de hiperemia, que é de PaO2/FlO2 < 200 mmHg.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível